Domingo, 19 de Setembro de 2021

Telefona quando quiseres

concurso_para_escritores_peruanos-2.jpg

 

 
Telefona quando quiseres
_______
Não há motivo para te importunar a meio da noite,
como não há leite no frigorífico, nem um limite
traçado para a solidão doméstica.
Tudo desaparece. Nada desaparece. Tudo desaparece
antes de ser dito e tu queres dormir descansada.
Tens
direito a um subsídio de paz.
Se eu escrever um poema, esse não é motivo para te
importunar.
Eu escrevo muitos poemas e tu trabalhas
de manhã cedo.
Toda a gente sabe que a noite é longa.
Não tenho o
direito de telefonar para te dizer isso, apesar dessa evidência me matar agora.
E morro, mas não morro.
Se morresse, perguntavas:
porque não me telefonaste?
Se telefonasse, perguntavas:
sabes que horas são?
Ou não atendias. E eu ficava aqui. Com a noite ainda
mais comprida, com a insónia, com as palavras
a despegarem-se dos pesadelos.
 
 
José Lúis Peixoto
 

 

escrito no papiro por ACCB às 12:19
link | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

De Perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

Outono e Setembro

God Save the Queen

Amiga

Muezim

Sísifo

Poesia

Laco di Como...

Ser Juiz

10.08...............

TOP GUN

3 de la tarde

Tarde de trovoada Feriado...

Engolir o Universo

A Justiça

ÀS VEZES É PRECISO

Palavras Interditas

Eugénio de Andrade

Lar

Tudo vem.......

demora-te... vai....

A minha Tática

Se..........

Anel

......trago todos os chei...

Ah, abram-me outra realid...

Bom e Expressivo

A fronteira.......

Receita para escrever um ...

À cause de 1 post da Filo...

Que quereis?

Acima da Lei

Sem mim

Abril de 2022- 49ª Edição...

Tango

Eu nem sabia........

A Escrita

Quando nos morre ...........

..................

Nostalgias

Eunice MuÑoz

Um dia destes.....

BLUES DA MORTE DO AMOR

Civis/Guerra

Ucrânia Algures no planet...

Lunário

Não acabarão com o amor

As canetas Os poemas

Estão sentados quase Lado...

Fica ou Muda

Era uma vez

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

Será que não aprendemos n...

...escrever...

BOM DIA!

Uma história com 50 anos

Como se chorar fizesse Ju...

Design no escuro

imperdível de Ferrante

Here I go again

A minha coisa preferida d...

Eu sou a tempestade

Setembro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30

subscrever feeds