Segunda-feira, 6 de Setembro de 2021

Setembro

 

71517741_2055555784543989_6912360171939299328_n-4.

Olha que me sentava aqui agora e escrevia-te qualquer coisa. É a chuva lá fora que me deixa assim nostálgica.
Depois de cumprir deveres cívicos de que não abdico, cai a noite e o rodado dos carros salpica a estrada que me faz lembrar que hoje ainda é domingo e as pausas são curtas.
São tão curtas as pausas... como são longas as reticências.
Já reparaste que as reticências são cheias de imaginação e silêncios? Como podem ambos ( imaginação e silêncio), conjugar-se em três pontinhos de nada?
Tenho coisas para reler... ...
Não me apetece nada... ...
Olha que me sentava aqui agora e escrevia-te qualquer coisa, só para arrumar os pensamentos e soltar as ideias,... sem as arrumar, sem as ordenar... Precisam de espaço as ideias.
É a chuva que me deixa assim nostálgica e nem é que eu saiba o que iria escrever...
Às vezes tenho a sensação de que vou pensando conforme escrevo e as ideias surgem conforme surgem as letras. Não há nada construído, tudo vai ganhando forma conforme as palavras se vão ordenando e colocando no texto... não havia nada antes...umas provocam as outras e as sensações...ou estas as palavras...
Olha que me sentava aqui agora ...e escrevia-te qualquer coisa... .

............
Todos os Setembros é assim

ACCB (2019)

escrito no papiro por ACCB às 00:32
link | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
1 escriba:
De Apache a 15 de Setembro de 2021
“São tão curtas as pausas...”
Só quando nos fazem falta.
Algumas (as que não preciso) sinto-as longas… e penso… por vezes, penso demais… e acho que não me faz bem.

escreva no papiro

De Perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

Os Dias Escuros

Cansaço sobretudo cansaço

Como é um alentejano?

Viva

O peso e rapidez das hora...

Sevilla Tiene una cosa......

ESTOU CANSADO

A Flor

Outono

Jardim Suspenso

O Poder Oculto da Arte

Fala-me…

Eugénio de Andrade

A cabeça noutro lado

O Outono chega hoje.

O Mar dos meus olhos

A miúda o olhar e o gelad...

Em Mitos Urbanos e Boatos

Cry me a river

Para o Serão

Arte e natureza a simbios...

.......tanta coisa..........

Limites

Telefona quando quiseres

Adeus - outro do mesmo O'...

O PÁSSARO MORREU

VÓMITO!

Pensamento do dia

Amanhã 11 Setembro

Era aqui que eu estava be...

O declínio...

A Casa

Lobo Antunes

Estou para aqui a escreve...

Setembro

Tribunal Constitucional

79 Anos de Vida

A Vida

OBSERVADOR

Agosto

Um canção, uma bandeira

Ninguém Tem Pena das Pess...

.......pela noite dentro....

Como diria

É ver acordar a Serra

JustiçA com A

O mar

VITÓRIA DE SAMOTRÁCIA

São?!

As autárquicas

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

...escrever...

BOM DIA!

Uma história com 50 anos

Como se chorar fizesse Ju...

Design no escuro

imperdível de Ferrante

Here I go again

A minha coisa preferida d...

Eu sou a tempestade

Choveu

Outubro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

subscrever feeds