Sábado, 10 de Julho de 2021

Poética

12466245_711434018956179_8265361219321534046_o.jpg


Estou farto do lirismo comedido
Do lirismo bem comportado
Do lirismo funcionário público com livro de ponto expediente
protocolo e manifestações de apreço ao sr. diretor.
Estou farto do lirismo que para e vai averiguar no dicionário
o cunho vernáculo de um vocábulo.
Abaixo os puristas
Todas as palavras sobretudo os barbarismos universais
Todas as construções sobretudo as sintaxes de exceção
Todos os ritmos sobretudo os inumeráveis
Estou farto do lirismo namorador
Político
Raquítico
Sifilítico
De todo lirismo que capitula ao que quer que seja
fora de si mesmo
De resto não é lirismo
Será contabilidade tabela de co-senos secretário do amante
exemplar com cem modelos de cartas e as diferentes
maneiras de agradar às mulheres, etc
Quero antes o lirismo dos loucos
O lirismo dos bêbedos
O lirismo difícil e pungente dos bêbedos
O lirismo dos clowns de Shakespeare

— Não quero mais saber do lirismo que não é libertação.

Manuel Bandeira

escrito no papiro por ACCB às 20:24
link | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

De Perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

Arte e natureza a simbios...

.......tanta coisa..........

Limites

Telefona quando quiseres

Adeus - outro do mesmo O'...

O PÁSSARO MORREU

VÓMITO!

Pensamento do dia

Amanhã 11 Setembro

Era aqui que eu estava be...

O declínio...

A Casa

Lobo Antunes

Estou para aqui a escreve...

Setembro

Tribunal Constitucional

79 Anos de Vida

A Vida

OBSERVADOR

Agosto

Um canção, uma bandeira

Ninguém Tem Pena das Pess...

.......pela noite dentro....

Como diria

É ver acordar a Serra

JustiçA com A

O mar

VITÓRIA DE SAMOTRÁCIA

São?!

As autárquicas

Rir é o melhor remédio

ADEUS

Soneto 18

PEQUENO ESCLARECIMENTO

Verão

Sonhos

10 Agosto (1992)

o infinito

10 Apenas um número - 10.

Prosa e Verso

Gosto

A Verdade

Se escrevo

Remoendo

...

BOM DIA!

Memórias

Oh l' amore

Prefácio de um Livro a le...

Num sítio tão frágil como...

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

...escrever...

BOM DIA!

Uma história com 50 anos

Como se chorar fizesse Ju...

Design no escuro

imperdível de Ferrante

Here I go again

A minha coisa preferida d...

Eu sou a tempestade

Choveu

Setembro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
18
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

subscrever feeds