Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2023

O Vestido

322616_2366044249853_347625682_o.jpg

Quadro de Isabel Almeida
 
 
Viu o vestido...sim foi primeiro o vestido. Elegante,...sózinho.... em pernas esguias e saltos altos que trauteavam a calçada. Era noite...uma daquelas noites que caem no início da primavera pelos lados do rio, em que as folhas verdes já despontam na ponta dos ramos.
O decote das costas em V e os cabelos sem rosto avançavam dentro do vestido, ponto vermelho pela escadaria acima até ao fundo da rua.
Meias sem cor e pernas sem meias.... saltos sonoros e braços nus...casaco no braço e mala no ombro...
Apressou o passo,... ainda havia reflexos de verdes pelo pôr do sol...como se pinceladas de ouro caíssem nas folhas...
Era o rosto, o rosto do vestido que precisava ver... A memória teimava em sussurrrar-lhe que só o podia conhecer... que o passo compassado era o do vestido de há anos atrás, naquela noite em que nunca mais a vira...
O passo era solto... devia fazer aqueles degraus todos os dias... A ele, o coração batia-lhe descompassado no peito... e o vestido fugia-lhe ligeiro... verde acima....
Apoiou-se no tronco da árvora que havia séculos ali observava as escadas, as gentes, o trautear dos saltos altos , as pernas sem meias e os vestidos de decotes vermelhos....
Quando olhou o cimo... ela desaparecera... e levara o rosto do vestido com ela...
Mas o coração, já em golfadas pela garganta, dizia-lhe que era o mesmo daquela noite em que nunca mais a vira...uma noite em que tinha dela apenas o lado lunar reflectido no rio.
 
ACCB
escrito no papiro por ACCB às 02:08
link | Escreva no Papiro | juntar aos escribas (1)

De Perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

A Tristeza

Ser diferente

As Fotografias

LER...é o quê?

a imagem e a ideia

A vocação da natureza:

Os textos

As datas

Paraíso..............

Rimas por aí

Tempo de Bifurcação

As pessoas ...

Passei a Fronteira

Os Ombros Suportam o Mund...

Carta

Necrológio dos Desiludido...

Joaquim Pessoa 17 Abril 2...

Até eu me estranho

Fotografia

Horários tardios

O Vestido

Poderia ter escrito

Sorte

CV

Frases

Os livros

O fotógrafo

Tratado geral das grandez...

Sonhos

Poema Em Linha Reta

NOTA AO ACASO

Ter Tempo

Textos estranhíssimos

Aves e Palavras

Farias 98 no dia da morte...

30 Novembro

Mundialmente falando

NÓS

CRÓNICA

DESOBEDIÊNCIA 11.11.22

Equilíbrio

A Invenção do Amor

O Mar dos meus Olhos

Escritora Serei?

Palavras para quê?

Agustina Bessa-Luís

Regressemos.................

12.10.22

A vida em prémio Nobel

Outono e Setembro

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

No dia 11.11.2016 - 58 an...

Será que não aprendemos n...

...escrever...

BOM DIA!

Uma história com 50 anos

Como se chorar fizesse Ju...

Design no escuro

imperdível de Ferrante

Here I go again

A minha coisa preferida d...

Setembro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

subscrever feeds