Quinta-feira, 4 de Novembro de 2021

Não é Verdade

IMG_20190609_131800.jpg
Cai, como antigamente, das estrelas
um frio que se espalha na cidade.
Não é noite nem dia, é o tempo ardente
da memória das coisas sem idade.

O que sonhei cabe nas tuas mãos
gastas a tecer melancolia:
um país crescendo em liberdade,
entre medas de trigo e de alegria.

Porém a morte passeia nos quartos,
ronda as esquinas, entra nos navios,
o seu olhar é verde, o seu vestido branco,
cheiram a cinza os seus dedos frios.

Entre um céu sem cor e montes de carvão
o ardor das estações cai apodrecido;
os mastros e as casas escorrem sombra,
só o sangue brilha endurecido.

Não é verdade tanta loja de perfumes,
não é verdade tanta rosa decepada,
tanta ponte de fumo, tanta roupa escura,
tanto relógio, tanta pomba assassinada.

Não quero para mim tanto veneno,
tanta madrugada varrida pelo gelo,
nem olhos pintados onde morre o dia,
nem beijos de lágrimas no meu cabelo.

Amanhece.
Um galo risca o silêncio
desenhando o teu rosto nos telhados.
Eu falo do jardim onde começa
um dia claro de amantes enlaçados.


 Eugénio de Andrade 

escrito no papiro por ACCB às 12:57
link | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

De Perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

VARANDAS

"Andar doente dos olhos"

Desce da escrita

Linda Linda

Lua

Eu mesmo,...que remédio

Inquietação

PARA ATRAVESSAR CONTIGO

Boletim meteorológico

O Hospital E a Praia

10 de janeiro de 2017 

As Manhãs

Sophia por Sophia

Veneza 2011

CAFÉ?!

A gente sabe

A Vida é "trem bala" ou M...

2022

Lisboa

Feliz

Decisão

Pintores

Ores e Senhores

Balançada

Chá

Um livro..........

..........estou a precisa...

O “Discurso da Servidão V...

Amigos........

Servidão voluntária - par...

A Baixa

A esta hora.......

Foi assim

Estilo

Os Passos em Volta

Pestilência ou A pequenez...

O silêncio

Chiado

Escrever ou dormir

Segredo

Não sei.......

Congresso Internacional d...

Fernando Pessoa

Kültür Tava

O Equilíbrio

Observar e distanciar

Lobo Antunes

No dia 4 de junho de 2086

Simone de Oliveira Onde a...

Não é Verdade

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

...escrever...

BOM DIA!

Uma história com 50 anos

Como se chorar fizesse Ju...

Design no escuro

imperdível de Ferrante

Here I go again

A minha coisa preferida d...

Eu sou a tempestade

Choveu

Janeiro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
16
19
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

subscrever feeds