Sexta-feira, 24 de Maio de 2019

MÃE, EU QUERO IR-ME EMBORA`

mesa-na-praia-500x316.jpg

 

"Mãe, eu quero ir-me embora - a vida não é nada
daquilo que disseste quando os meus seios começaram
a crescer. O amor foi tão parco, a solidão tão grande,
murcharam tão depressa as rosas que me deram –
se é que me deram flores, já não tenho a certeza, mas tu
deves lembrar-te porque disseste que isso ia acontecer.

Mãe, eu quero ir-me embora - os meus sonhos estão
cheios de pedras e de terra; e, quando fecho os olhos,
só vejo uns olhos parados no meu rosto e nada mais
que a escuridão por cima. Ainda por cima, matei todos
os sonhos que tiveste para mim - tenho a casa vazia,
deitei-me com mais homens do que aqueles que amei
e o que amei de verdade nunca acordou comigo.

Mãe, eu quero ir-me embora - nenhum sorriso abre
caminho no meu rosto e os beijos azedam na minha boca.
Tu sabes que não gosto de deixar-te sozinha, mas desta vez
não chames pelo meu nome, não me peças que fique –
as lágrimas impedem-me de caminhar e eu tenho de ir-me
embora, tu sabes, a tinta com que escrevo é o sangue
de uma ferida que se foi encostando ao meu peito como
uma cama se afeiçoa a um corpo que vai vendo crescer.

Mãe, eu vou-me embora - esperei a vida inteira por quem
nunca me amou e perdi tudo, até o medo de morrer. A esta
hora as ruas estão desertas e as janelas convidam à viagem.
Para ficar, bastava-me uma voz que me chamasse, mas
essa voz, tu sabes, não é a tua - a última canção sobre
o meu corpo já foi há muito tempo e desde então os dias
foram sempre tão compridos, e o amor tão parco, e a solidão
tão grande, e as rosas que disseste que um dia chegariam
virão já amanhã, mas desta vez, tu sabes, não as verei murchar."

__Maria Do Rosário Pedreira

escrito no papiro por ACCB às 10:27
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

De Perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

Amigas

Bullying Digital

Não chuviscou

Pode ser.......

O Mar dos olhos das Portu...

Então queres ser escritor...

Hamadríade

Receita de Mulher

De Passagem

Engolir o Universo ( Frac...

Tons

Moçambique

Lido por aí

Agora é no Porto Venha d...

Xiuu

3-6-2019

Sai um livro para a mesa ...

Naquele tempo

MÃE, EU QUERO IR-ME EMBOR...

Há sempre alguém que resi...

As pessoas antigas

Mulheres com o mar nos ol...

17Maio2019-78anos

Good night

traço_________________

Estrela da tarde

Ler Devagar.....

segunda feira

Às vezes é preciso

Always Remember Us This W...

Japan

Às seis da tarde

Devia ...........

EU SEI, MAS NÃO DEVIA

Viu este filme? Veja

A las 5 de la tarde

Iremos Juntos Sozinhos pe...

SÊ PACIENTE; ESPERA

Se minto....

É p'rá manhã

........tudo em branco

E se fôr em Março?

Sabem aquela cor........

9.1.2019

RECOMEÇAR

A MINHA TARDE

Inquietação

Vale muito a pena

Lento com mar ao fundo

Poder Soberano Comunicaç...

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

A minha coisa preferida d...

Design no escuro

Eu sou a tempestade

Desiderata

Choveu

Pássaros

Aquele traço de escrita

Pai

Amanhã Hoje é dia da Cria...

Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

subscrever feeds