Terça-feira, 16 de Novembro de 2021

Congresso Internacional do Medo

image1050.jpg

(Tristão e Isolda de Salvador Dali (1944) )

______

Provisoriamente não cantaremos o amor,
que se refugiou mais abaixo dos subterrâneos.
Cantaremos o medo, que esteriliza os abraços,
não cantaremos o ódio porque esse não existe,
existe apenas o medo, nosso pai e nosso companheiro,
o medo grande dos sertões, dos mares, dos desertos,
o medo dos soldados, o medo das mães, o medo das igrejas,
cantaremos o medo dos ditadores, o medo dos democratas,
cantaremos o medo da morte e o medo de depois da morte,
depois morreremos de medo
e sobre nossos túmulos nascerão flores amarelas e medrosas.

Carlos Drummond de Andrade

(Publicado em  Antologia Poética – 12a edição – Rio de Janeiro: José Olympio, 1978, ps. 108 e 109)

escrito no papiro por ACCB às 14:51
link | Escreva no Papiro | juntar aos escribas (1)

De Perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

VARANDAS

"Andar doente dos olhos"

Desce da escrita

Linda Linda

Lua

Eu mesmo,...que remédio

Inquietação

PARA ATRAVESSAR CONTIGO

Boletim meteorológico

O Hospital E a Praia

10 de janeiro de 2017 

As Manhãs

Sophia por Sophia

Veneza 2011

CAFÉ?!

A gente sabe

A Vida é "trem bala" ou M...

2022

Lisboa

Feliz

Decisão

Pintores

Ores e Senhores

Balançada

Chá

Um livro..........

..........estou a precisa...

O “Discurso da Servidão V...

Amigos........

Servidão voluntária - par...

A Baixa

A esta hora.......

Foi assim

Estilo

Os Passos em Volta

Pestilência ou A pequenez...

O silêncio

Chiado

Escrever ou dormir

Segredo

Não sei.......

Congresso Internacional d...

Fernando Pessoa

Kültür Tava

O Equilíbrio

Observar e distanciar

Lobo Antunes

No dia 4 de junho de 2086

Simone de Oliveira Onde a...

Não é Verdade

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

...escrever...

BOM DIA!

Uma história com 50 anos

Como se chorar fizesse Ju...

Design no escuro

imperdível de Ferrante

Here I go again

A minha coisa preferida d...

Eu sou a tempestade

Choveu

Janeiro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
16
19
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

subscrever feeds