Terça-feira, 28 de Setembro de 2021

A Flor

É assim a simplicidade das almas puras
 

22007973_1148862005213376_7366007082343098011_n-2. 

Pede-se a uma criança. Desenhe uma flor! Dá-se-lhe papel e lápis. A criança vai sentar-se no outro canto da sala onde não há mais ninguém.
Passado algum tempo o papel está cheio de linhas. Umas numa direcção, outras noutras; umas mais carregadas, outras mais leves; umas mais fáceis, outras mais custosas. A criança quis tanta força em certas linhas que o papel quase que não resistiu.
Outras eram tão delicadas que apenas o peso do lápis já era demais.
Depois a criança vem mostrar essas linhas às pessoas: Uma flor!
As pessoas não acham parecidas estas linhas com as de uma flor!
Contudo, a palavra flor andou por dentro da criança, da cabeça para o coração e do coração para a cabeça, à procura das linhas com que se faz uma flor, e a criança pôs no papel algumas dessas linhas, ou todas. Talvez as tivesse posto fora dos seus lugares, mas são aquelas as linhas com que Deus faz uma flor!
 
Almada Negreiros – “A Flor”
 

 

 

escrito no papiro por ACCB às 22:24
link | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

De Perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

A Baixa

A esta hora.......

Foi assim

Estilo

Os Passos em Volta

Pestilência ou A pequenez...

O silêncio

Chiado

Escrever ou dormir

Segredo

Não sei.......

Congresso Internacional d...

Fernando Pessoa

Kültür Tava

O Equilíbrio

Observar e distanciar

Lobo Antunes

No dia 4 de junho de 2086

Simone de Oliveira Onde a...

Não é Verdade

Chuva de chapéu branco

Conversa de bar

Chuvas

Outubro 7 anos

Tenho os anos que preciso

Os Dias Escuros

Cansaço sobretudo cansaço

Como é um alentejano?

Viva

O peso e rapidez das hora...

Sevilla Tiene una cosa......

ESTOU CANSADO

A Flor

Outono

Jardim Suspenso

O Poder Oculto da Arte

Fala-me…

Eugénio de Andrade

A cabeça noutro lado

O Outono chega hoje.

O Mar dos meus olhos

A miúda o olhar e o gelad...

Em Mitos Urbanos e Boatos

Cry me a river

Para o Serão

Arte e natureza a simbios...

.......tanta coisa..........

Limites

Telefona quando quiseres

Adeus - outro do mesmo O'...

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

...escrever...

BOM DIA!

Uma história com 50 anos

Como se chorar fizesse Ju...

Design no escuro

imperdível de Ferrante

Here I go again

A minha coisa preferida d...

Eu sou a tempestade

Choveu

Dezembro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

subscrever feeds