Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008

Gosto de ir aqui

 

Caneta sobre papel na Janela de Alberti

 
sinto-me:
tags:
escrito no papiro por ACCB às 23:22
link | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
28 escribas:
De rodolfoN a 5 de Agosto de 2008
...Y un gusto pasar por aqui.
Beijos
De ACCB a 5 de Agosto de 2008
Olá Rodolfo. És sempre bem vindo.
De CM a 5 de Agosto de 2008
Acabo de aprender essas distinções sociais... ai aqui aprende-se tanto!

E os bons locais de Lisboa? um "must"!
De ACCB a 5 de Agosto de 2008
Ora ainda bem!!!
De Apache a 5 de Agosto de 2008
Eh, eh... Não conhecia este último grupo.
De ACCB a 5 de Agosto de 2008
Eh! E eu só conhecia os góticos e os betos. Ai ai.
De ACCB a 5 de Agosto de 2008
AH! E os chungas!
De maria a 5 de Agosto de 2008
e ainda faltam os BAZOF que usam a pala do boné na diagonal, jeans 3 numeros acima e a cair pelo rabo abaixo... andam e gingam tipo mar alto.
De ACCB a 5 de Agosto de 2008
Eh ehe heh Vou informar quem de direito!!!
De Pericles Pinto a 5 de Agosto de 2008
Aprende-se sempre com os miúdos e quando não se aprende nada, pelo menos têm piada.

Quanto a Docas: Boa companhia, Celtas e Iberos, bife com molho de cerveja e... uma cerveja. Enough said.
Por acaso agora a lista tem umas novidades interessantes.

Dei com o seu blog quando fazia uma pesquisas para tentar encontrar o advogado Marcos Aragão Correia. É o sujeito que andou a fazer umas buscas na barragem do Arade, à procura da Maddie.

Não consegui encontrar Marcos Aragão Correia na lista telefónica!...

Por outro lado, o site da Ordem dos Advogados http://www.oa.pt/ tem uma "Pesquisa de Advogados" mas parece-me que não funciona.

Será que me pode dar uma ajuda? Obrigado desde já.
elsucati@gmail.com
De ACCB a 5 de Agosto de 2008
Não sei se esse senhor existe mesmo como advogado, mas se existir estará no site da Ordem dos Advogados. Não conseguindo no site, talvez telefonando para a OA.
Um abraço.
De Veneno a 5 de Agosto de 2008
As férias também servem para essas partilhas impossíveis durante o ano. Aproveite Cleo e ria até não poder mais.
De £oµ¢o Ðe £Î§ßoa a 5 de Agosto de 2008
Andais muito Docas e eu vou andar mais atento quando me passear por esses lados a ver se dou de caras com a "Dondoca".

Bom descanso...
Até outro instante
De ACCB a 5 de Agosto de 2008
Não sou nada dondoca!! SABES MUITO BEM!!!!
De Pravda a 5 de Agosto de 2008
Danou-se!!!
Eu não sou bem “betinho”, e nos restantes não encaixo de certeza absoluta!
“Como não tens lugar vais para o rol das minorias!” - dariam alguns.
Mas não!... como não tenho lugar nessas definições tribais, nem nessa estratificação “a-social” rude, básica e grosseira, como não caibo na estupidez moderna (a juventude sempre foi estúpida… eu também já fui e não tenho saudades desse tempo) com uma imbecilidade refinada… serei, simplesmente um agente anónimo e insignificante da sociedade, honrado de pertencer à mui velha e sempre distinta cultura lusa, amante incondicional dos valores da típica e cimentada cultura ocidental.

Palermices à parte, revolta-me ver tanto tribalismo, tanto regresso à selva original, tanta “desenculturação”, numa sociedade eu se diz “da informação” (da formação, não é de certeza!).

O bicho-homem, predador, selvagem e com espírito tribal, mas perigoso e agressivo, está a conquistar lugar o Homem social e civilizado. O prazer de destruir cedeu lugar á produção de cultura; a estupidez substitui a rebeldia; tal como a cimentação dos valores que balizam as práticas sociais, deram lugar ao culto pelo excesso, pelo ”extra”, pelo contra, belo bizarro ou pelo absurdo!

Depois da onda e das era das “juventudes” (juventude operária, juventude católica,…), veio a vez da “legião” dos inúteis e do tribalismo da indecência!

O pior, é que quem mantém essas palermices, é o Zé povinho… e uns tantos “psico-coisos” a desculpar tais práticas, a defender tais comportamentos, a criar teorias e a defender tudo em nome de uma pastilha elástica chamada “mudança”, com sabor a modernidade!
São irresponsáveis crianças crescidas, inúteis que vivem à custa dos progenitores até serem velhos… explorando ao máximo aqueles a quem parasitam, não trabalham, não se instruem, não se formam, não planeiam uma vida, não projectam o futuro…

Ora, dos mais absurdos, aos tais Bazof (não sei de onde vem a palavra , mas cheira-me a uma má tradução do russo “Беда” que significa desgraça!), ganham: Despudorados nojentos, de cueca-á-mostra, andar de deficientes profundos, ar de pelintras pedintes, ficam entre as figuras dos desenhos animados e dos desfigurados semi-cadáveres dos campos e concentração nazi!

Tive que sair… a minha cara-metade leu isto e disse. Tu não vais por essa merda num blog, porque eu não deixo!
Negociamos! Eu cortei metade e fico por aqui.
Com o compromisso de nunca mais voltar a este blog! Ainda bem, porque que a minha conversa não agrada muito.
Chamem-me burro, estúpido… mas hipócrita e malabarista aproveitador, é que não!

Termino como comecei: Não sou um betinho… não tenho notas boas (só 20 érios, no máximo), mas tenho umas coisas que me orgulho de possuir ( e que não se vendem). – chamam-se valores!
Embora seja um personagem estranha, sou Português com orgulho, monárquico, católico, trabalhador, simples, “um rural” (como dizia Salazar), de direita (e dextro), mas aceito com facilidade qualquer cultura, desde que séria, honesta, verdadeira e razoável.

Muito obrigado por me terem aturado, as minhas desculpas sinceras, e… até sempre!

(um descanso para a CLEO que já estava a ficar com os cabelos arrepiados, por minha causa. Boas férias!
Bye, bye!!!)
De Jose a 5 de Agosto de 2008
Ora ora...até o meu que tem 12 anos gosta de usar o boné ao lado e calças a descair na cintura..se bem me lembro, anos atrás eram à boca de sino, camisas ás flores etc. e por ai fora..tudo isto é saudável
O amigo pravda , que leio com agrado, apesar de ser um não alinhado, revela contundência nos seus escritos e algum humor..continue por ai..
abraço a todos e boas ferias..para quem as estiver a gozar
De ACCB a 5 de Agosto de 2008
O meu tem 12 anos.
O meu tenta não usar cinto nas calças.
O meu tenta andar com o el´stico das boxers á mostra.
O meu acha piada a essa forma horrorosa de se exibir..
O MEU, LEVA DOIS GRITOS SE EU VEJO!!!!

Não sei como ele anda qdo eu não vejo!-
De ACCB a 5 de Agosto de 2008
PRAVDA
Diga á sua cara metade que não deve fazer da casa um matriarcado, embora todas nós saibamos que a casa de uma familia é, para ser familia, um verdadeiro matriarcado.
Não pôs a M.... toda mas pôs o resto que não é nem de longe nem de perto m.... .
É a sua maniera de ver as coisas.
E se bem que nos arrisquemos a ser investigados e quiçá, presos, deixe-se estar que está muito bem.

De ACCB a 5 de Agosto de 2008
À à ...à sua cara metade.....
De Pravda a 6 de Agosto de 2008
Sim, então se me permite, fico mais uns dias. Mas, quando eu me exceder, faça o favor de dizer!

Já agora, na minha casa está instalada uma democracia... Só que, também nas democracias, há alguém que manda e os que obedecem. E quem manda, não ´sempre a mesma pessoa.
Comigo dá-se um caso diferente: mando mais do que todos os orgãos de soberania - ou seja: mando, mando, mando... fato-me de mandar... mas ninguém me obedece!!!!

Não percebo é por que razão passa a vida a pensar que vamos todos presos. Mas sew formos, dão-nos uma pulseira muito fashion e moderna, e nós continuamos em casa, mas vamos dormir fora!!! Enfim... umas escapadelas!!!
Só não sei é como fariam comigo... estou tão longe do hotel penitenciário!!!!
De ACCB a 6 de Agosto de 2008
Todos Presos!...hummmm By night? Escapadelas?

Longe? Também se arranja uma prisão domiciliária, assim não precisa deslocar-se. Está perto da praia?

;-))))
De M@nza a 5 de Agosto de 2008
Olá Cléo
É realmente um local óptimo para se passar algum do nosso tempo livre, seja a dois ou a quatro.
Mas... também é um local que a partir de uma determinada hora do serão se pode tornar perigosa. Que o digam os indivíduos que na quinta-feira passada (se não me engano) provocaram um tal desacato que alguns foram ter às urgências do Hospital com algumas perfurações (vulgo facadas). Mas de qualquer forma é um bom local para se estar.
Quanto aqui ao nosso amigo Pravda parece-me um pouco um indivíduo sofredor.
Não tenha receios de dizer o que sente e pensa. Já bastam os longos anos que passou sem poder sequer abrir a boca (o regime já está mais moderado, portanto não se acanhe de dizer o que seja).

Quanto à linguagem utilizada pela juventude parece-me que, tal como o APACHE referiu, são as calças boca-de-sino e as camisas floridas (eu também tenho uma da minha ida às caraíbas, eh eh) de hoje e que certamente quando atingirem a idade "adulta" começam a usar os "costumes" à altura.
abraços e boas férias para quem realmente as está a gozar.
De M@nza a 6 de Agosto de 2008
Desculpas ao Apache porque não foi ele que referiu: "... , tal como o APACHE referiu, são as calças boca-de-sino..." mas sim o José.
Aqui fica a rectificação apesar de cerca de 18 horas depois, eh eh
De ACCB a 6 de Agosto de 2008
É verdade. Apesar de tudo estamos num país democrático. Se assim não fosse nem havia esta possibilidade de ter um blog onde se diz o que se pensa. Pois, quase tudo o que se pensa.
De Pravda a 6 de Agosto de 2008
M@nza:

Peço desculpa, mas já não sou um sofredor…
Olhe! Eu vejo Portugal (Portugal e Algarves) como um circo gigante. Passo a vida a rir-me. Não lhe digo que não me apetece dar umas estaladas, partir a “fuça” a uns tantos, meter na ordem muitos mais, puxar as orelhas aos rapazes que mandam, pôr um Jardim (da Madeira) em cada TV e em cada jornal, … mas que lhe posso fazer!?

Como eu não acredito no “sistema”, como tenho esperanças que um dia alguém faça um 25 de Abril ou um 28 de Maio, mas a sério, com porrada, tiros, narizes partidos, alguns “partidos” desfeitos, e todo o mentiroso tratado como um homenzito sem honra e não com “excelência”… e nada disto desponta no horizonte… Já não sei se Portugal hibernou, fechou para balanço (para acertar o deficit), entrou de férias… ou se vai ter uma OPV…

Como vê, não estou nada triste… aliás, com tantos cromos, com tantas “batatas-fritas” e “franchising” da UE… resta-me sentir o orgulho de ser português e ver a rapaziada que manda a falar inglês nas cerimónias oficiais, para se armar, esquecendo-se que a “minha pátria é a língua portuguesa!...

Olhe, vou à missa!!!
De ACCB a 6 de Agosto de 2008
Vá em Paz e que o Senhor o acompanhe.
;-))))
De M@nza a 6 de Agosto de 2008
Ora aí está o verdadeiro PRAVDA
Estamos ou não ??? num país democrático??
Às vezes também me apetecia um 26Abril (sim que o 25 foi uma verdadeira fachada que serviu para alguns mentirosos sairem verdaeiros herois), porque talvez assim o POVO fosse mais orgulhoso e não se sentasse à sombra à espera dos fundos €uropeus e se aplicasse mais a desenvolver o país que já foi Império.
Também sinto orgulho de ser Português, porque nasci neste cantinho à beira-mar plantado, mas não tenho orgulho nos políticos que temos.

escreva no papiro

De Perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

Aproveita o dia

O livro

O impulso para a escrita

A sustentação do poeta

As Palavras

CAMINHO

Remoinho

POEMA

As Mãos

As Portas Que Abril Abriu

Abril Letras Mil

O Mar dos Meus olhos - A...

A BOA HORA - em boa hora

Obstáculo à Paz

Imagem à espera de um Con...

Uma Delícia

Março

................

Onde

Que fazem elas, as gaivot...

A Alma e o Corpo

Quem és tu

"Senta te aí.

Sabes

Escala do Frio

Gostava

A Trança de Inês

O texto.........

Sucata

Pequenas palavras

GUARDEI NA GAVETA DE BAIX...

Se eu morrer de manhã

E de novo

CHAMAR A MÚSICA

09-01-2017/24

Se eu morrer antes do meu...

Restos de Natal

A Tristeza

Ser indiferente

As Fotografias

LER...é o quê?

a imagem e a ideia

A vocação da natureza:

Os textos

As datas

Paraíso..............

Rimas por aí

Tempo de Bifurcação

As pessoas ...

Passei a Fronteira

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

A vocação da natureza:

No dia 11.11.2016 - 58 an...

Será que não aprendemos n...

...escrever...

BOM DIA!

Uma história com 50 anos

Como se chorar fizesse Ju...

Design no escuro

imperdível de Ferrante

Here I go again

Junho 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

subscrever feeds