Domingo, 19 de Setembro de 2021

Limites

tumblr_o2rpxfh1pV1r6uijdo1_1280.jpg

( Foto de jared Tyler)

________

Zangada com o Mundo

 O pequeno Mundo em redor

 Sem espaço para o Mundo maior

 Limitada pelas horas do dia a dia

 os deveres e as obrigações

É uma prisão

 Angustia apesar de não ter grades

 Tens tanta coisa para fazer 

que as horas do dia não cabem na tua liberdade

 Há pensamentos a mais para tão pouco espaço

 O Limite não é o céu

 O limite são os outros.

 

ACCB

 

escrito no papiro por ACCB às 12:20
link | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Telefona quando quiseres

concurso_para_escritores_peruanos-2.jpg

 

 
Telefona quando quiseres
_______
Não há motivo para te importunar a meio da noite,
como não há leite no frigorífico, nem um limite
traçado para a solidão doméstica.
Tudo desaparece. Nada desaparece. Tudo desaparece
antes de ser dito e tu queres dormir descansada.
Tens
direito a um subsídio de paz.
Se eu escrever um poema, esse não é motivo para te
importunar.
Eu escrevo muitos poemas e tu trabalhas
de manhã cedo.
Toda a gente sabe que a noite é longa.
Não tenho o
direito de telefonar para te dizer isso, apesar dessa evidência me matar agora.
E morro, mas não morro.
Se morresse, perguntavas:
porque não me telefonaste?
Se telefonasse, perguntavas:
sabes que horas são?
Ou não atendias. E eu ficava aqui. Com a noite ainda
mais comprida, com a insónia, com as palavras
a despegarem-se dos pesadelos.
 
 
José Lúis Peixoto
 

 

escrito no papiro por ACCB às 12:19
link | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

De Perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

Os Dias Escuros

Cansaço sobretudo cansaço

Como é um alentejano?

Viva

O peso e rapidez das hora...

Sevilla Tiene una cosa......

ESTOU CANSADO

A Flor

Outono

Jardim Suspenso

O Poder Oculto da Arte

Fala-me…

Eugénio de Andrade

A cabeça noutro lado

O Outono chega hoje.

O Mar dos meus olhos

A miúda o olhar e o gelad...

Em Mitos Urbanos e Boatos

Cry me a river

Para o Serão

Arte e natureza a simbios...

.......tanta coisa..........

Limites

Telefona quando quiseres

Adeus - outro do mesmo O'...

O PÁSSARO MORREU

VÓMITO!

Pensamento do dia

Amanhã 11 Setembro

Era aqui que eu estava be...

O declínio...

A Casa

Lobo Antunes

Estou para aqui a escreve...

Setembro

Tribunal Constitucional

79 Anos de Vida

A Vida

OBSERVADOR

Agosto

Um canção, uma bandeira

Ninguém Tem Pena das Pess...

.......pela noite dentro....

Como diria

É ver acordar a Serra

JustiçA com A

O mar

VITÓRIA DE SAMOTRÁCIA

São?!

As autárquicas

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

...escrever...

BOM DIA!

Uma história com 50 anos

Como se chorar fizesse Ju...

Design no escuro

imperdível de Ferrante

Here I go again

A minha coisa preferida d...

Eu sou a tempestade

Choveu

Outubro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

subscrever feeds