Segunda-feira, 6 de Novembro de 2017

A rectidão das linhas

tumblr_m4jqcaJk6k1qdfhexo1_500.jpg

 



Tiras 3 linhas rectas do aparo e preenches cada uma de tons azuis semelhantes,... assim a cair para o fim da tarde.... ou até pode ser para um amanhecer de Inverno, aquele Inverno em que os dias se põem sem o vermelho no sol.

Depois traça a escada,... não é por nada é só para que no canto ou no vértice fique o homem...sem poder pôr os pés na terra,... suspenso... Não sei se prefiro que ele fique no canto ou no vértice.... No vértice não se vai equilibrar, às tantas cai no azul ou corta-se nas linhas rectas...

Fica num canto, é melhor um homem num canto que num vértice, e coloca-o de costas para o Mundo, bem de costas e de chapéu para que não veja nada nem tenha reflexos do que se passa em redor.

Quanto mais alta estiver a escada (podes arranjar um prolongamento na parede), mais de costas ele estará para o mundo. É importante que esteja de costas para o Mundo...

Dá-lhe um toque de vencido nos ombros e deixa-o ficar ali, como fica o menino de castigo virado para a parede, ....preso no canto, abafado pelo chapéu..., como fica o empregado de escritório engolido pela secretária todo dia ou a comer à pressa no restaurante porque só tem uma hora de almoço,... como fica uma mulher a quem a vida deu inúmeras tarefas e ela vive dentro delas, abafada no seu canto, como ficamos todos maquinalmente voltados para dentro no cumprimento de horários e estatísticas.......

Afasta-te sem ruído,... não deixes que ele descubra que afinal o canto é um vértice e que o chapéu fugirá com o vento, a escada não irá equilibrar-se e ele poderá ver para além da convergência aparente dos tons ainda que a queda seja dolorosa, ....algo assim como o desmascarar de uma alegoria de um canto em 3 linhas rectas com preenchimento de espaços azuis vazios...uma caverna de enganos e mentiras...

Mas podes sempre traçar as linhas rectas na horizontal... terás uma linha de horizonte,... um infinito, um mar e o universo todo para olhar...um amanhecer de Inverno, aquele Inverno em que os dias se põem sem o vermelho no sol....

E o homem puxará o chapéu para o rosto ao anoitecer e, ao amanhecer, descobrirá que nem canto nem vértice....mas apenas infinito, e não precisará da escada porque a rectidão das linhas lhe tinha sido imposta e a escada apenas servira para o colocar num canto e de costas para o Mundo.

( Imagem - Joseph Beuys escultor desenhista professor de arte )

 

escrito no papiro por ACCB às 19:02
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

De Perfil

Sobre mim

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” online

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

Dois Epigramas

Partimos cada dia...........

Dia 11.11.2017

A rectidão das linhas

Para ser Perfeito

Miró

Caminhos

Paris , o pintor de rua e...

O temporal esta noite.......

Para ti

Engolir o Universo

Para o raio que os partis...

Eu sou a tempestade

fotos antigas a 3 de Junh...

Depus a Máscara

Fundamento

Berlim

A cadeira

Empatias

ESPLANADA

Pai

Aquele traço de escrita

Pássaros

Amigo não é nada disso

Filhos.....

Obama

A propósito de Trump

Choveu

Desiderata

8 de janeiro 2014 9 Jane...

Um texto que dá que pensa...

Para Fazer o Retrato de u...

Poema pouco original do m...

Poema de Jenny Londoño

Tons de escrita

Super Lua

No dia 11.11.2016 - 58 an...

10.11.2016

"May be ...... the price ...

Não peças a quem pediu

Noite....

....contemplação....

Como é um alentejano?

Que se dane a regra e o p...

Sílaba súbita

É nos olhos....

Papéis velhos...

Papel em branco.....

. A escrever qualquer coi...

Linhas...

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

Eu sou a tempestade

Desiderata

Choveu

Pássaros

Aquele traço de escrita

Pai

Amanhã Hoje é dia da Cria...

Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

subscrever feeds