Terça-feira, 20 de Agosto de 2013

Lua............luar ...lua cheia....

tags:
escrito no papiro por ACCB às 02:42
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas
Terça-feira, 13 de Agosto de 2013

Recomeça

 

Recomeça…
Se puderes,
Sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro,
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.
E, nunca saciado,
Vai colhendo
Ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar
E vendo,
Acordado,
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças.

-Miguel Torga

escrito no papiro por ACCB às 09:43
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Terça-feira, 6 de Agosto de 2013

Mote: Fecham-se-me os olhos ao por do sol

 

 

 

 

 

Não tinha nada. Nada a não ser o por do sol a desfalecer nos olhos, a dar-lhe a ilusão dos sonhos que não tinham passado disso.
Na inquieta posição do sonhador que procura nas palavras a verdade que nunca viu de frente, tremem-lhe os dedos entre os cig
arros que sufocam o cinzeiro até à exaustão.
Cruza e descruza as palavras mas elas não lhe obedecem.
Há um cansaço antigo que o inunda, uma angustia funda que lhe pesa nas pálpebras.
Não é da maré a morrer na Foz, nem do dia a cair para lá do horizonte, ali mesmo na linha entre a vida e a morte.
É o regressar às palavras que se fecharam, aos sonhos que não viveu, aos cigarros que finge fumar, ao cruzar e descruzar das pernas das letras que não se entendem, das palavras que nunca foram ditas...
E há o rumor das vozes que o espreitam como dedos fundos que lhe entram no peito....
É a saudade, diz uma velha...
Vem ver o mar, diz uma mulher...
E adormece enovelado na noite.

 

ACCB

escrito no papiro por ACCB às 00:33
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

De Perfil

Sobre mim

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” online

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

Dois Epigramas

Partimos cada dia...........

Dia 11.11.2017

A rectidão das linhas

Para ser Perfeito

Miró

Caminhos

Paris , o pintor de rua e...

O temporal esta noite.......

Para ti

Engolir o Universo

Para o raio que os partis...

Eu sou a tempestade

fotos antigas a 3 de Junh...

Depus a Máscara

Fundamento

Berlim

A cadeira

Empatias

ESPLANADA

Pai

Aquele traço de escrita

Pássaros

Amigo não é nada disso

Filhos.....

Obama

A propósito de Trump

Choveu

Desiderata

8 de janeiro 2014 9 Jane...

Um texto que dá que pensa...

Para Fazer o Retrato de u...

Poema pouco original do m...

Poema de Jenny Londoño

Tons de escrita

Super Lua

No dia 11.11.2016 - 58 an...

10.11.2016

"May be ...... the price ...

Não peças a quem pediu

Noite....

....contemplação....

Como é um alentejano?

Que se dane a regra e o p...

Sílaba súbita

É nos olhos....

Papéis velhos...

Papel em branco.....

. A escrever qualquer coi...

Linhas...

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

Eu sou a tempestade

Desiderata

Choveu

Pássaros

Aquele traço de escrita

Pai

Amanhã Hoje é dia da Cria...

Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

subscrever feeds