Quarta-feira, 30 de Maio de 2012

SORRIA ;-)

escrito no papiro por ACCB às 12:00
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Quarta-feira, 23 de Maio de 2012

Para quem ainda não sabe

escrito no papiro por ACCB às 07:55
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas
Terça-feira, 22 de Maio de 2012

Bom dia

escrito no papiro por ACCB às 07:48
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Domingo, 20 de Maio de 2012

20 Maio

Que tudo o que te desejo de bom e tudo o que desejas de bom se realize.

Que tudo o que te possa entravar o caminho seja a preparação para o triunfo

E que o teu TRIUNFO  te saiba a mel.

Bj

escrito no papiro por ACCB às 19:50
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Alguém viu esta Marota?

A Mia - Já apareceu !

 

 

 




_____________________

escrito no papiro por ACCB às 12:00
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Quinta-feira, 17 de Maio de 2012

Quinta feira

escrito no papiro por ACCB às 01:43
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Terça-feira, 15 de Maio de 2012

Bnoite :-)

escrito no papiro por ACCB às 23:41
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Música da semana

escrito no papiro por ACCB às 00:31
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Domingo, 13 de Maio de 2012

Música pela noite dentro

escrito no papiro por ACCB às 03:44
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Sábado, 12 de Maio de 2012

Cinema




_____ Um filme para ver e analisar....

escrito no papiro por ACCB às 23:44
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Sexta-feira, 11 de Maio de 2012

Bernardo Sasseti - 11.Maio

escrito no papiro por ACCB às 13:30
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Terça-feira, 8 de Maio de 2012

MOTE

 

"É esta Lisboa a que volto sempre quando quero encher os olhos de Lisboa"

 

 

 

É ali pela rua da Conceição, loja sim, loja sim, botões arminho e cetim, a linha do eléctrico a atrapalhar-me o passo e eu com vontade de lhe seguir os riscos paralelos.

Atravesso a R. Augusta e espreito o Rio ali ao lado, azul porque tem sol e gaivotas, branco porque a espuma do Cacilheiro o vai abrindo até ao cais.

 

Sigo em frente até à Madalena e passo por Santo António....fico vergada à imponência da Sé e penso se desço ao cais ou se subo ao largo e abro as portas do Sol.

 

Debruço-me sobre Alfama e sobre o recorte branco de fé feito de pedra pelas mãos dos homens. É evidente que subi ao largo onde uma esplanada procura equilibrar-se na calçada portuguesa mesmo à beira, mesmo à beira de um bebedeira de azul e de Santos Populares.

 

E encho os olhos de Lisboa... respiro fundo e as memórias regressam e aconchegam-me...

 

Podiam secar os dias ali naquele vislumbre de infinito, podia cair a hora ao pôr do sol , a mais nostálgica a mais profunda hora que ali, depois de abertas as portas do Sol e cheios os olhos com Lisboa, é sempre ali que eu volto.

 

 

ACCB

escrito no papiro por ACCB às 19:45
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Domingo, 6 de Maio de 2012

Esta Mãe também tem um Filho

World Press Photo 2011 - as melhores imagens de um fotojornalismo .

 

A fotografia do espanhol Samuel Aranda, com a imagem de uma mulher,

a segurar o seu filho, vítima dos efeitos do gás lacrimogéneo lançado numa manifestação no Iémen,

tirada a 15 de outubro de 2011, não é muito diferente da imagem de Nossa Senhora com o filho nos braços após o terem descido da cruz.

Hoje é dia da Mãe........................lembrei-me destas duas Mães.

 

 

 --

 -

escrito no papiro por ACCB às 00:00
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Sábado, 5 de Maio de 2012

Moon Maio 2012




LUA DESLUMBRANTE _ AQUI


____________________________________

tags:
escrito no papiro por ACCB às 23:59
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Pingo Doce e/ou Direito(s)

 

 

 

 

"Tenho muita pena que se fale desse episódio como um ataque feito ao dia 1.º de Maio, ou como uma promoção fabulosa normalíssima e vulgar de lineu, como uma  eventual prática de Dumping, quando o que se deveria era falar do estado a que o  povo português chegou."

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/para-quem-anda-para-ai-a-chamar-as-leis=f723803#ixzz1u11ZlTvB

escrito no papiro por ACCB às 18:00
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Terça-feira, 1 de Maio de 2012

Poema de Maio

 

Maio maduro Maio
Quem te pintou
Quem te quebrou o encanto
Nunca te amou
Raiava o Sol já no Sul
E uma falua vinha
Lá de Istambul

Sempre depois da sesta
Chamando as flores
Era o dia da festa
Maio de amores
Era o dia de cantar
E uma falua andava
Ao longe a varar

Maio com meu amigo
Quem dera já
Sempre depois do trigo
Se cantará
Qu'importa a fúria do mar
Que a voz não te esmoreça
Vamos lutar

Numa rua comprida
El-rei pastor
Vende o soro da vida
Que mata a dor
Venham ver, Maio nasceu
Que a voz não te esmoreça
A turba rompeu

José Afonso

escrito no papiro por ACCB às 12:00
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

De Perfil

Sobre mim

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” online

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

últimos papiros

Para ser Perfeito

Miró

Caminhos

Paris , o pintor de rua e...

O temporal esta noite.......

Para ti

Engolir o Universo

Para o raio que os partis...

Eu sou a tempestade

fotos antigas a 3 de Junh...

Depus a Máscara

Fundamento

Berlim

A cadeira

Empatias

ESPLANADA

Pai

Aquele traço de escrita

Pássaros

Amigo não é nada disso

Filhos.....

Obama

A propósito de Trump

Choveu

Desiderata

8 de janeiro de 2014

Um texto que dá que pensa...

Para Fazer o Retrato de u...

Poema pouco original do m...

Poema de Jenny Londoño

Tons de escrita

Super Lua

No dia 11.11.2016

10.11.2016

"May be ...... the price ...

Não peças a quem pediu

Noite....

....contemplação....

Como é um alentejano?

Que se dane a regra e o p...

Sílaba súbita

É nos olhos....

Papéis velhos...

Papel em branco.....

. A escrever qualquer coi...

Linhas...

Chuva de lua cheia

Inércia

Adeus Meu Amigo

Esta força que ninguém po...

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

favoritos

Eu sou a tempestade

Desiderata

Choveu

Pássaros

Aquele traço de escrita

Pai

Amanhã Hoje é dia da Cria...

Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

subscrever feeds