Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

Enquanto o poeta dorme

escrito no papiro por ACCB às 23:59
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Danzar es el juego de la vida

  
escrito no papiro por ACCB às 22:13
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

:-)) Bonito

escrito no papiro por ACCB às 16:19
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Cinema

 

O vencedores da 83ª edição dos Óscares

Melhor Filme

O Discurso do Rei

Melhor Realizador

Tom Hooper com O Discurso do Rei

Melhor Actor

Colin Firth em O Discurso do Rei

Melhor Actriz

Natalie Portman em Cisne Negro

Melhor Actor Secundário

Christian Bale em The Fighter - Último Round

Melhor Acrtiz Secundária

Melissa Leo em The Fighter - Último Round

Melhor Argumento Adaptado

Aaron Sorkin com A Rede Social

Melhor Argumento Original

David Seidler com O Discurso do Rei

Melhor Filme Estrangeiro

In a Better World (Dinamarca)

Melhor Canção

We Belong Together de Randy Newman em Toy Story 3

Melhor Banda Sonora

Trent Reznor e Atticus Ross em A Rede Social

Melhor Documentário em Curta Metragem

Karen Goodman and Kirk Simon em Strangers No More

Melhor Documentário em Longa Metragem

Charles Ferguson e Audrey Marrs em Inside Job

Melhor Fotografia

Wally Pfister em A Origem

Melhor Guarda roupa

Colleen Atwood em Alice no País das Maravilhas

Melhor Filme Animado

Toy Story 3 de Lee Unkrich

Melhor Caracterização

Rick Baker e Dave Elsey em The Wolfman

Melhor Efeitos Especiais

Michael Owens, Bryan Grill, Stephan Trojansky and Joe Farrell em A Origem

Melhor Direcção Artística

Robert Stromberg e Karen O'Hara em Alice no País das Maravilhas

Melhor Curta Metragem

Luke Matheny em God of Love

Melhor Curta Metragem Animada

The Lost Thing, de Shaun Tan and Andrew Ruhemann

Melhor edição de Som

Lora Hirschberg, Gary A. Rizzo and Ed Novick em A Origem

Melhor Mistura de Som

Richard King em A Origem

Melhor Montagem

Angus Wall and Kirk Baxter em A Rede Social

tags:
escrito no papiro por ACCB às 12:30
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

música..........

escrito no papiro por ACCB às 00:55
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Domingo, 27 de Fevereiro de 2011

Óscares- 28.2.2011

tags:
escrito no papiro por ACCB às 22:47
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Quinta-feira, 24 de Fevereiro de 2011

Conto para adormecer com palavras

 
 
 
 
 
Era uma vez uma menina ...
Curiosa e pequenina....Apeteceu-lhe espreitar para dentro de um mundo em que diziam que dormia alguém....e onde as palavras eram de cristal.

Espreitou....havia uma ligeira claridade que não era da Lua Cheia,... essa caminhava para quarto minguante por sobre o mar...
Lá fora no Mundo grande e que se dizia globalizado, os homens tinham entrado em guerra pela Liberdade...
Nunca compreendera muito bem porque se matavam para poderem ser livres....

Espreitou de novo.... apenas um som de respiração solta...como quem dorme à pressa porque tem de acordar....Também não percebia porque se dormia para depois acordar,...mas sempre lhe tinham dito que era necessário... e dormia quando os olhos não podiam ficar mais abertos...

Empurrou a porta.... havia reflexos brilhantes no chão....olhou os pés...estava descalça,..deixara os sapatos lá fora para não fazer barulho e encontrar as palavras de cristal....
Voltou a olhar o chão... seriam reflexos de estrelas?!?
 
Avançou devagar....eram cristais...
Fechou a porta para não os pisar com medo de os quebrar....
 
ACCB
escrito no papiro por ACCB às 01:37
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011

Quando um homem se põe a pensar

 

 

 

NÃO HÁ Sò GAIVOTAS EM TERRA QUANDO UM HOMEM SE PÕE A PENSAR

 

 

------------------

escrito no papiro por ACCB às 23:59
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

O efeito das palavras

 

 

NÃO DEIXES PELO CAMINHO NADA POR FAZER, NEM FAÇAS CAMINHOS QUE QUEIRAS DESFAZER...

 

***

 

Às vezes não temos a noção do efeito que causa nos outros o  que sentimos e lhes dizemos  :-)

 

---------

escrito no papiro por ACCB às 23:10
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (3) | juntar aos escribas

Já devia saber

 

"Don't argue with an idiot;

 

they will drag you down to their level,

 

then beat you with their experience."

 

 Jaynee Germond

 

--

escrito no papiro por ACCB às 09:37
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011

Música pela noite dentro

escrito no papiro por ACCB às 01:12
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Domingo, 20 de Fevereiro de 2011

Linhas Cruzadas

Reajo a esse incomodo olhar
Nem quero acreditar
Que vem na minha direção
Há dias que estou a reparar
Nem queres disfarçar
Roubas a minha atenção
Aprecio o teu dom de tornar
Num clique o meu falar
Numa total confusão
Confesso que só de imaginar
Que te vou encontrar
Me sobe à boca o coração

(Refrão)
E falas de ti
E Falas do tempo
Prolongas o momento
De um simples cumprimentar
Falas do dia
Falas da noite
Nem sei que responda
Perdido no teu olhar

É certo que sempre ouvi dizer
Que do querer ao fazer
Vai um enorme esticão
Mas haverá quem possa negar
Que querer é poder
E o nunca é uma invenção
Bem sei que este nosso cruzar
Pode até nem passar
De um capricho sem valor
Mas porque raio hei-de evitar
Se esse teu ar
Me trouxe ao sangue calor

(Refrão)
E falas de ti
E Falas do tempo
Prolongas o momento
De um simples cumprimentar
Falas do dia
Falas da noite
Nem sei que responda
Perdido no teu olhar

 

 

tags:
escrito no papiro por ACCB às 00:58
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Sábado, 19 de Fevereiro de 2011

lindo............fantástica interpretação...

escrito no papiro por ACCB às 23:58
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

A Terra do Nunca

escrito no papiro por ACCB às 00:21
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011

O que é a experiência?

 

 

A Promiscuidade Tira a Vontade

 

O que é a experiência? Nada. É o número dos donos que se teve. Cada amante é uma coronhada. São mais mil no conta-quilómetros. A experiência é uma coisa que amarga e atrapalha. Não é um motivo de orgulho. É uma coisa que se desculpa. A experiência é um erro repetido e re-repetido até à exaustão. Se é difícil amar um enganador, mais difícil ainda é amar um enganado.
Desengane-se de vez a rapaziada. Nenhuma mulher gosta de um homem «experiente». O número de amantes anteriores é uma coisa que faz um bocadinho de nojo e um bocadinho de ciúme.

 

O pudor que se exige às mulheres não é um conceito ultrapassado — é uma excelente ideia. Só que também se devia aplicar aos homens. O pudor valoriza. 0 sexo é uma coisa trivial. É por isso que temos de torná-lo especial. 

 

Ir para a cama com toda a gente é pouco higiénico e dispersa as energias. Os seres castos, que se reprimem e se guardam, tornam-se tigres quando se libertam. E só se libertam quando vale a pena. A castidade é que é «sexy». Nos homens como nas mulheres. A promiscuidade tira a vontade.

 

Uma mulher gosta de conquistar não o homem que já todas conquistaram, saquearam e pilharam, mas aquele que ainda nenhuma conseguiu tocar.

 

 O que é erótico é a resistência, a dificuldade e a raridade. Não é a «liberdade», a facilidade e a vulgaridade.

 

Isto parece óbvio, mas é o contrário do que se faz e do que se diz. Porque será escandaloso dizer, numa época hippificada em que a virgindade é vergonhosa e o amor é bom por ser «livre», que as mulheres querem dos homens aquilo que os homens querem das mulheres? Ser conquistador é ser conquistado. Ninguém gosta de um ser conquistado. O que é preciso conquistar é a castidade.

Miguel Esteves Cardoso, in 'As Minhas Aventuras na República Portuguesa'


escrito no papiro por ACCB às 23:09
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Blue moon.............

escrito no papiro por ACCB às 01:49
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

The moon...........

escrito no papiro por ACCB às 00:00
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011

a Kind of Hussssssssssssh

tags:
escrito no papiro por ACCB às 23:57
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

14 Fevereiro

 

O AMOR É UM LOCAL ESTRANHO - ( para escutar com som, clique mais baixo.......... )

 

 

 

 SOM

escrito no papiro por ACCB às 17:00
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Sábado, 12 de Fevereiro de 2011

De vez enquando a Vida toma comigo café

tags:
escrito no papiro por ACCB às 20:30
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

MOTE "Foi o sorriso que abriu a porta"

  

 

Foto - Dulce João - S. Pedro de Moel

  

  

  

Ainda era dia e o caminho passava pelo mar. 

 

Na ultima curva havia uma ponte sobre um lençol de água

  

Dispus-me a atravessá-la porque a outra margem era logo ali

 

E prometia riscos vermelhos no horizonte

 

 

    

Sentei-me nos ultimos raios de Sol e deixei passar as horas

  

Ao lado por onde a noite caminhava já ao encontro do dia

  

Havia uma porta , não a tinha visto

  

parecera-me um placar onde o velho lobo do mar

 

pendurava os avisos aos banhistas no Verão

 

 

 Abriu-se e tinha os riscos vermelhos do Sol 

 

ao pôr-se na alma das gentes

 

Os olhos tinham o verde do dia que adormecia lá atrás

  

e uma elipse num sorriso branco

  

Perguntou-me as horas e reparei que não sabia do Tempo

  

Disse-me que viera de longe e trouxera a chave

 

  

Mas penso que foi o sorriso

 

 

 o sorriso foi quem abriu a porta

 

 

 

 

 

 

ACCB

 

 

 

 

 

 

tags:
escrito no papiro por ACCB às 20:14
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

No sè nada

escrito no papiro por ACCB às 01:27
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Sexta-feira, 11 de Fevereiro de 2011

20 Anos de Liberdade

escrito no papiro por ACCB às 23:21
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

:-)) Bonito

escrito no papiro por ACCB às 00:48
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2011

Poesia e verdade

 

 

É possível que a poesia seja ficção, mas

 

eu prefiro pensá-la como Goethe:

  

 inseparável da verdade.

  

  

                                                                    Eugénio Andrade

  

 

 

---------___________---------

 

-------------

 

 

escrito no papiro por ACCB às 23:52
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Hoje não venho falar de Justiça

só venho falar de Justiça

 

***

 

Um Pedacinho do Portugal de Todos Nós

-

------------

escrito no papiro por ACCB às 19:49
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Contigo aprendi.............

escrito no papiro por ACCB às 02:46
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Terça-feira, 8 de Fevereiro de 2011

TEM COMO SINA VER DEMAIS

 
     

 

escrito no papiro por ACCB às 23:59
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Apesar de...Nada.

tags:
escrito no papiro por ACCB às 23:26
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Achas que vai chover?

 

escrito no papiro por ACCB às 01:23
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

É preciso pensar

É PRECISO PENSAR QUE PODEMOS NÃO CHEGAR A TEMPO

 

DE SALVAR OS NOSSOS

 

SÓ PORQUE NADA FIZEMOS PARA SALVAR OS OUTROS.

 

________

 

 

 

 

Primeiro levaram os negros
Mas não me importei com isso
Eu não era negro

Em seguida levaram alguns operários
...Mas não me importei com isso
Eu também não era operário

Depois prenderam os miseráveis
Mas não me importei com isso
Porque eu não sou miserável

Depois agarraram uns desempregados
Mas como tenho meu emprego
Também não me importei

Agora estão me levando
Mas já é tarde.

Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo.

Bertold Brecht
 
----
--
escrito no papiro por ACCB às 01:18
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas
Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011

Publicidade

tags:
escrito no papiro por ACCB às 21:04
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Tango em Paris Fado malandro por aqui

tags:
escrito no papiro por ACCB às 17:02
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Domingo, 6 de Fevereiro de 2011

O Egipto - Rezei por ti.

 

O Sorriso mais bonito do Egipto ( Foto ACCB - Julho de 2010 )

 

 

___________

Este Verão para conseguir satisfazer um sonho antigo que me acompanhava desde menina, fui ao Egito ( na altura ainda era Egipto).

Tive um guia muçulmano, um rapaz encantador que rezava nas horas certas, mas quando andava a passear connosco ficava dispensado de rezar.

Transpirava mais do que eu por entre os templos, e queixava-se do calor como se fosse nórdico. Falava o espanhol e lá nos íamos comunicando sendo certo que eu tinha de falar espanhol e entre um espanhol aportuguesado e um espanhol arruinado de inglês árabe, lá nos íamos entendendo.

 

Uma noite fui dar com ele na coberta no barco a rezar. 

 A sensação de respeito foi tão grande ao vê-lo de joelhos sobre um tapete e com a túnica da oração que me afastei em silêncio e aguardei que acabasse. 

 No fim, perguntei-lhe:
- Hassan, que rezavas, que rezas? ...

Respondeu-me a custo e a medo que tinha as orações próprias do seu livro sagrado e que devia fazê-las sempre. Expliquei-lhe que também eu rezava e que também havia orações próprias mas que era livre de não as seguir.
Que rezava ou dizia o que eu quisesse dizer a Deus.
Disse-me que também pedia, saúde, dinheiro, felicidade....
Fiquei limitada...não perguntei mais.... ele não rezava como eu. Pronto. Mas percebeu que eu o entendia.

 

Um dia em passeio, levou-nos a casa de uns amigos seus, Núbios. A hora da oração chegou e Hassan preparou-se mesmo durante o passeio para rezar. Iniciou o seu ritual de purificação à nossa frente, com água corrente,  banhando-se num ritual que implicava a passagem de água 3 vezes cada parte do seu corpo.

Atrapalhado o rapaz chamou-lhe a atenção perguntando-lhe se deveria fazê-lo ali, à nossa frente. Éramos dois...Os outros tinham-se embrenhado por entre tendas de artesanato. 

 Hassan respondeu-lhe que éramos amigos, não havia problema.

Ensinou-me como se fazia para ficar simbólicamente puro. Antes de se  ajoelhar  no seu tapete  ( mágico talvez), pedi-lhe:
-Hassan reza por mim. - Ele sorriu.

Retirou-se e afastei-me deixando-o embrenhado na oração. 

 

Cirandei entretanto por entre crianças lindas (que os núbios são lindos), de conversa com um rapaz cultíssimo que dominava cinco línguas e vivia de forma tão pobre que me arrepiei pensando na falta de quase tudo, mas que tinha um conhecimento da realidade do Mundo maior que a minha...

Cirandando confrontei - me com outro  rapaz que me queria vender de tudo e a quem eu não queria comprar absolutamente nada que, desesperado já me oferecia tintas para os olhos e me gritava sorrindo implorando resposta: 

 -De que precisas tu  mulher de olhos grandes?! 

 E eu sorria-lhe e gritava:

- De nada! tenho tudo como tu!

 

 Desci a rua. Os camelos são o meio de transporte na terra dos Núbios,... as felucas levam-nos até à civilização... as dunas protegem-nos dos olhares indiscretos...as roupas das mulheres são alegres... os olhos têm Sol e risos e cantos...

Sentei-me no cais a aguardar o guia. Rodeada de crianças que se aconchegavam a mim bati algumas fotos...

 

Hassan chegou e olhou-me sorrindo . Eu esquecera já o pedido que lhe fizera antes  mas, de sorriso branco disse-me:

- Rezei por ti.

 

 

ACCB

 

 

 

 

escrito no papiro por ACCB às 23:45
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas

Anda daí...

 

 

 

Hoje alguém que conheci no ano passado, logo no início deste ano,

 

disse-me:

-


- Anda dai...........ainda tens que ir ali por o pé numa estrela.....

 

 

lembras-te???

 

:::::::::::::::

 

................

.

 

 

 

escrito no papiro por ACCB às 23:03
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Faleceu..levou música com ele....

escrito no papiro por ACCB às 22:20
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

O Atum

 

 
 
Há dias, em conversa com os meus alunos sobre comida preferida, constatei que o atum (de conserva) com feijão frade, massa de atum, arroz de atum, salada de batatas com atum, bem como as moelas (congeladas) com batata cozida, arroz de moelas ou moelas com esparguete, estavam no top dos pratos eleitos como favoritos. Se eu fosse um dos nossos governantes, convocava de imediato um batalhão de jornalistas para em conferência de imprensa, falando com aquele jeitinho "sensual" de "boca ao lado", anunciar mais uma boa notícia para a governação, melhor, que se faz história! Afinal, as nossas crianças, devido à implementação dos programas do governo em termos de saúde alimentar, deixaram os maus hábitos do fast food dos últimos 10/15 anos, para aderirem a alimentos bem mais saudáveis e essenciais aos rendimentos necessários para um percurso escolar de sucesso! Está, assim, a governação de parabéns, os nossos miúdos estão a comer bem e barato! Viva o atum, vivam as moelas! Coitados daqueles pais que ainda conseguem atum e moelas para os seus filhos, mas até quando?
 
Carlos Marques - professor

 

escrito no papiro por ACCB às 16:58
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Bilhete...

escrito no papiro por ACCB às 10:04
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Vou... xau........

tags:
escrito no papiro por ACCB às 00:49
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Clandestino

escrito no papiro por ACCB às 00:44
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

De Perfil

Sobre mim

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” online

últimos papiros

Miró

Caminhos

Paris , o pintor de rua e...

O temporal esta noite.......

Para ti

Engolir o Universo

Para o raio que os partis...

Eu sou a tempestade

fotos antigas a 3 de Junh...

Depus a Máscara

Fundamento

Berlim

A cadeira

Empatias

ESPLANADA

Pai

Aquele traço de escrita

Pássaros

Amigo não é nada disso

Filhos.....

Obama

A propósito de Trump

Choveu

Desiderata

8 de janeiro de 2014

Um texto que dá que pensa...

Para Fazer o Retrato de u...

Poema pouco original do m...

Poema de Jenny Londoño

Tons de escrita

Super Lua

No dia 11.11.2016

10.11.2016

"May be ...... the price ...

Não peças a quem pediu

Noite....

....contemplação....

Como é um alentejano?

Que se dane a regra e o p...

Sílaba súbita

É nos olhos....

Papéis velhos...

Papel em branco.....

. A escrever qualquer coi...

Linhas...

Chuva de lua cheia

Inércia

Adeus Meu Amigo

Esta força que ninguém po...

Portugal/França

papiros em biblioteca

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Março 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

Outros Papiros

Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

subscrever feeds