Sábado, 29 de Agosto de 2009

Segue o teu destino




Segue o teu destino,
Rega as tuas plantas,
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
De árvores alheias.

A realidade
Sempre é mais ou menos
Do que nós queremos.
Só nós somos sempre
Iguais a nós-próprios.

Suave é viver só.
Grande e nobre é sempre
Viver simplesmente.
Deixa a dor nas aras
Como ex-voto aos deuses.

Vê de longe a vida.
Nunca a interrogues.
Ela nada pode
Dizer-te. A resposta
Está além dos deuses.

Mas serenamente
Imita o Olimpo
No teu coração.
Os deuses são deuses
Porque não se pensam.

               Ricardo Reis
escrito no papiro por ACCB às 23:59
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (4) | juntar aos escribas

Sépia

escrito no papiro por ACCB às 23:59
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas

O programa segue dentro de momentos...

 

 

"Definiremos como objectivo de médio prazo a contingentação de processos por magistrado, melhorando a distribuição dos recursos humanos existentes e prevendo reforços em caso de superação do contingente. Reveremos concomitantemente o modelo de remuneração de juízes e de magistrados do Ministério Público, para incorporação de uma componente que varie em função de indicadores quantitativos e qualitativos sobre o seu trabalho."

 

 

 

Os programas eleitorais já não me comovem. Leio, leio e não vejo nada que me diga isto faz-se assim. Só vejo:- isto vai ser feito. 

Mas, acho que ninguém sabe como.

E, esta história dos indicadores faz-me lembrar um dedo apontando ao Juiz sobre a sua quantidade de produção processual e a sua qualidade.

Muitas questões se levantam neste parágrafo. Daqui a uma semana digo mais qualquer coisinha....

 

 

 

Programa Eleitoral do PSD

 

 

 

 

 

 

escrito no papiro por ACCB às 23:49
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas

Michael Jackson - não se morre aos 50

O rapaz tinha 50 anos. Muito vividos mas em excessos, não em excesso.

Não se morre aos 50. Pelo contrário continua-se e recomeça-se...

Ao miúdo que faria hoje anos se fosse vivo e, principalmente, aos seus 50 anos,  aqui fica...

______________

escrito no papiro por ACCB às 23:32
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

O processo ainda em curso...........

escrito no papiro por ACCB às 18:19
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (3) | juntar aos escribas

Coca Cola.....

Presidente da Coca-Cola em França suicida-se

 

O que lhes falta?

 

Estrutura?

Amigos à altura?

Amor?

Perfil?

Coragem?

 

Porque se suicidam alguns?................

suicidio.gif

 

Outras opiniões sobre:

AQUI

+

AQUI

+

mais

 

*

e ainda...

 

Onde estamos quando precisam de NÓS !??

............

E AQUI

.....................................

escrito no papiro por ACCB às 02:38
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas

Interpretação do sinal de STOP

 

A dificuldade da doutrina e da Jurisprudência


 Um advogado ia distraído a conduzir quando, num sinal STOP, passa sem  parar, mesmo em frente a uma brigada da GNR. É imediatamente mandado parar e numa atitude perfeita de Chico-esperto pensa logo numa forma de se  safar.

 


 Agente - Boa tarde. Documentos se faz favor.
 Advogado - Mas porquê, Sr. Agente?
 Agente - Não parou no sinal de STOP ali atrás.
 Advogado -Eu abrandei, e como não vinha ninguém...
 Agente - Exacto. Documentos se faz favor.
 Advogado - Mas qual é a diferença entre abrandar e ter de parar?
 Agente - A diferença é que a lei diz que num sinal de STOP deve parar
 completamente a viatura. Documentos se faz favor.
 Advogado - Ouça proponho-lhe o seguinte: se conseguir explicar-me a
diferença legal entre abrandar e parar eu dou-lhe os documentos e pode
 multar-me. Senão, deixa-me ir sem multa.
 Agente - Muito bem, aceito. Pode fazer o favor de sair da viatura?
 O Advogado acede e é então que o Agente retira o seu cacetete e
desata a  desanca-lo violentamente, como mandam as regras.
 E o Agente vai dizendo: - Quer que eu PARE ou só que ABRANDE?

----------------------------------------------------

 

Bem,................não sei que diga......................

 

-----------------

escrito no papiro por ACCB às 02:30
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (9) | juntar aos escribas

A música do Verão...

_____________

 

I gotta feeling that
tonight's gonna be a good night
that tonight's gonna be a good night
that tonight's gonna be a good good night (x4)


Tonight's the night night
Let's live it up
I got my money
Let's spend it up

Go out and smash it
like Oh My God
Jump off that sofa
Let's get get OFF

I know that we'll have a ball
if we get down and go out
and just loose it all

I feel stressed out
I wanna let it go
Lets go way out spaced out
and loosing all control

Fill up my cup
Mazel Tov
Look at her dancing
just take it off

Lets paint the town
We'll shut it down
Let's burn the roof
and then we'll do it again


Let's do it
 

 

Get get get get get with us
We know what we say
Party every day
Pa pa pa party every day

 
And I'm feelin'
that tonight's gonna be a good night
that tonight's gonna be a good night
that tonight's gonna be a good good night

 

tags:
escrito no papiro por ACCB às 02:23
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Desta vez, não concordo nada

Fernanda Palma, Execução das Penas:

Contra o argumento de inconstitucionalidade concorre a circunstância de ser a Administração Penitenciária quem tem capacidade técnica para tomar decisões sobre a perigosidade dos reclusos, a par da tradicional morosidade dos tribunais de execução de penas. Acresce que o regime aberto não é uma espécie de perdão da pena ou alteração da sua medida, mas apenas um modo de cumprimento.

Na verdade, o condenado em regime aberto continua a cumprir a pena que lhe foi aplicada e mantém deveres relacionados com a sua condição. Não se trata, por conseguinte, de uma afectação do caso julgado que ponha em causa a separação de poderes, a independência dos tribunais ou a reserva da função jurisdicional. "

Desta vez não estamos a ver a coisa da mesma forma. Não concordo nada com a Drª Fernanda Palma.

.

 

E depois de 9 de Agosto a 14 de Agosto o PR dizia:- AQUI

escrito no papiro por ACCB às 01:56
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas
Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009

Se ela Dança eu danço.....

tags:
escrito no papiro por ACCB às 02:53
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Hoje desafio-vos

Hoje desafio-vos no OLHAR DIREITO

 

 

 

 

 

-------

escrito no papiro por ACCB às 02:35
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas

surfista na Praia Grande

Amanhã volto

 ( foto de IGS)

 

A praia grande e aquela neblina, nevoeiro,... sei lá que lhe chamar, na praia grande.

De tal forma densa que obriga a interromper o campeonato de bodyboard.

Os surfistas já se habituaram a ela e, as ondas que ali se formam são um must para os desportos em causa e as habilidades pretendidas.

Nada parecido com as enormes ondas ou ( já ) vagas, de outros locais paradisíacos. Mas, para quem gosta de ser peixe na água e de se empoleirar em cima de uma prancha, serve.

Inventa-se tudo para interagir com o mar e ganhar um bronze daqueles de fazer inveja sem ser prejudicial.

Hummm.... aprende-se umas coisas e linguagens diferentes. Um meio saudável....e feliz.

 

____________

 

 

 

 

 

tags:
escrito no papiro por ACCB às 02:30
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas
Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009

Durão -Condenação de Aung San Suu Kyi

18 meses de prisão domiciliária

Aung San Suu Kyi

O presidente da Comissão Europeia (CE), Durão Barroso, criticou fortemente a decisão anunciada esta terça-feira pela junta militar que governa Myanmar (antiga Birmânia) de condenar a líder da oposição, Aung San Suu Kyi, a uma pena de mais 18 meses de prisão domiciliária.

“Manter Aung San Suu Kyi presa por razões fabricadas viola as suas liberdades fundamentais”, afirmou o presidente da CE, sublinhando que a condenação anunciada pelo regime de Rangum “não serve o tão proclamado interesse nacional de Myanmar”.

 

Em 1990, Aung San Suu Kyi ganhou o prémio Sakharov de liberdade de pensamento, e em 1991 foi galardoada com o Prémio Nobel da Paz.

Em 1995, o regime militar decidiu levantar a pena de prisão domiciliária imposta à Prémio Nobel, como sinal de abertura democrática dirigido à comunidade internacional. Mas sua liberdade durou pouco. Dos últimos 19 anos, ela passou 13 em prisão domiciliar.[1]

Em 2001, o grupo U2 fez uma canção em sua homenagem chamada Walk On.

Em 2008, Suu Kyi foi classificada como a 71ª mulher mais poderosa do mundo, pela revista Forbes. Em setembro do mesmo ano, seu estado de saúde suscitou preocupação. Ela estaria recusando a comida que lhe era fornecida pela junta militar

 

 

escrito no papiro por ACCB às 09:54
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas

Isto é cá!!!!! Uau!!

escrito no papiro por ACCB às 09:52
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas

sessão de hipnotismo

Há dias no facebook deparei-me com um mural que continha isto

( atenção às mais sensíveis...):

 










.

 

-------------------

 

tags:
escrito no papiro por ACCB às 09:16
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009

Sexo Oral

Um bom blog deve focar todos os pontos.

Ser esclarecedor e dar aos seus leitores um vasto leque de informação

Hoje deixo-vos aqui  um clip sobre um tema que tem de deixar de ser tabu...

E,... como no Cleopatramoon não há tabus.......

Ora vamos lá ouvir o povo lá em casa........

 

_________

escrito no papiro por ACCB às 23:10
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas

O Futuro torna-se Presente

Leia uma revista e assista à publicidade

 

 

 

escrito no papiro por ACCB às 09:08
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Mário Soares gosta do New Look de MFL

 
"Sendo economista de profissão e antiga ministra das Finanças, funções em que, aliás, não se destacou especialmente, esperar-se-ia que Manuela Ferreira Leite revelasse algumas ideias novas para vencer a crise, que é, afinal, o que os portugueses querem acima de tudo saber.
Mas não. Atirou a questão para um programa que há-de vir, para depois de Agosto, porque agora os portugueses não têm disposição para essas leituras. Manuela Ferreira Leite fala por si.
 
Mas, que diabo, se não quer falar das questões de que é especialista, por as julgar enfa donhas em Agosto, será que trazia na manga do impecável vestido bege, que lhe ficava tão bem, alguns apontamentos sobre cultura,educação, ciência, ambiente, Europa, justiça, administração, Segurança Social, luta contra a criminalidade, defesa, luta contra o terrorismo,imigração, política no sentido mais estrito, relações partidárias, reforço da democracia? Nada! Realmente, não disse nada de jeito, sobre nenhum dos temas da actualidade que refiro.
 
Então, perguntar-se-á:para que concedeu esta entrevista à RTP1, agora, em meados de Agosto,se não tinha ou não queria dizer nada?
Apenas para se mostrar no seu encantador new look?
 
Nesse aspecto, aceito que, dentro do possível,não tenha estado mal. Mas o pior é que não disse, aos seus compatriotas, nada do que eles esperavam e desejavam ouvir... Nesse aspecto, a entrevista foi uma verdadeira ocasião perdida!"
 
Mário Soares
 
escrito no papiro por ACCB às 09:04
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas

O casamento entre pessoas do mesmo sexo

AQUI

 

Ver imagem em tamanho realVer imagem em tamanho realVer imagem em tamanho realVer imagem em tamanho realVer imagem em tamanho real

 

escrito no papiro por ACCB às 01:10
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas

Música para os meus ouvidos

 

"um beijo de saudade"
tecn.mista s/tela
2008
MARIA JOÃO FRANCO

 

"...Un bacio, ma cos’è poi un bacio? Un giuramento un pò più da vicino, una promessa più precisa, una confessione che cerca una conferma, un apostrofo roseo fra le parole t'amo, un segreto soffiato in bocca invece che all'orec...chio, un frammento d'eternità che ronza come l'ali d'un ape, una comunione che sa di fiore, un modo di respirarsi il cuore e di scambiarsi sulle labbra il sapore dell'anima!..."

 

Ivan Piano

escrito no papiro por ACCB às 00:43
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas

Selvagem

escrito no papiro por ACCB às 00:42
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Foto do dia

Foto: Natacha Pisarenko/AP

escrito no papiro por ACCB às 00:42
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Segunda-feira, 24 de Agosto de 2009

Não haverá amores vadios

 
Tal como já te disse, mais do que uma vez - creio - a minha casa nunca foi casa de amores vadios, nem de aventuras despudoradas. E nunca o será. Nunca o será, sobretudo agora, depois de ti e do desenho que aqui deixaste, nos precisos sítios onde estiveste e te sentiste bem, fosse nos dias vigis (esta palavra existe?), ou naqueles em que deixámos que o cansaço nos tomasse, num despojo, tu de olhos fechados e eu com os olhos abertos, a olhar-te, atento, nos dias piores, como naquele em que descobri que sabia fazer chá, porque pediste e estavas mal. Não estás aqui, mas eu continuo a sentar-me no chão, à frente do computador portátil, que, como sabes, tem de estar na posição correcta para que não se apague, como se apagou há dias e te torturou a paciência e que foi o princípio (façámos de conta) de não irmos para lado nenhum, juntos, nesta semana que passou. Que passou. Não me sento, pois, no sofá. O sofá é teu, cheira a ti - ao teu corpo longo -, por mais que eu deixe as portas abertas, sempre abertas, como sabes, para escândalo teu, que sentes frio e não é seguro e eu me rio, acalorado e sem medos desses, quase pueris, até ao dia em que o frio me ataque ou a casa seja saqueada. Irrelevâncias, portanto. O que releva, como comecei a dizer-te, é que esta casa não é, nem nunca será, de amores vadios, sobretudo depois de ti e do desenho que aqui deixaste, nestes escassos três meses que parecem anos, de tão intensos que foram, ora sim, ora não, ora de forma que ninguém - nem tu, nem eu, nem mais alguém - saberá explicar. Que dizes tu? Que gostas de estar aqui, e, até, que dormes bem aqui, neste sossego. Que digo eu? Que gosto de te ter aqui, seja nos dias em que trazes o teu cansaço e eu trago e meu e disfarço, ou naqueles em que o cansaço é nosso, feito pelos dois. Que dizem os outros? A tese é variável, porque há quem perceba e há quem não, pouco importa, porque, em boa verdade, ninguém sabe, por muito que se possa dizer, como é que o rio cresceu nas margens que estes três meses deixaram, ou como secaram as flores que nestes meses plantámos, ou - esperemos que seja assim - como tudo se tornou tão forte que precisa de ser pensado, para que seja pleno. Devo dizer-te, minha querida - minha querida, sim, de qualquer forma - que não espero voltar a ver-te aqui, por muito que me digam que estou enganado e tu me sugiras também que estou, ou posso estar enganado, sempre tão honesta que, por mais que procure, não consigo encontrar em ti ponta de falsidade que me dê o ressentimento que me desligue. Percebo-te, juro que te percebo, como, aliás, te percebi no princípio e vi para além de ti - do que tu vias e viam os outros, aqueles que estavam próximos e não viram no teu disfarce. Não haverá, pois, amores vadios que venham ocupar o teu espaço, devo-te isso, e tu farás como quiseres. Ou puderes. Quem um dia vier ocupar o espaço que era teu, não pode ser um amor vadio - terá de ter a densidade que tens, para que o cheiro a ti se perca, e seja outro e eu o sinta.

(PS: Lembras-te ter-te dito que era grave estar um dia sem te falar? Foi hoje. Dominei a ansiedade.)
 
JC - Coutinho Ribeiro

 Hoje às 03:56

______________

 

Há textos que são feitos com rasgos de alma. De tão autênticos até doem. Há Homens que se escrevem nas palavras que dizem e nas folhas em branco que lhes vão saindo dos dedos.

 

Obrigada JC por escrever como escreve. Poucas pessoas percebem esses estados de alma, muitas menos os sabem e sentem.

escrito no papiro por ACCB às 09:34
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (8) | juntar aos escribas

A um amigo que realizou um sonho

______________________

 

 

 

____________

_____________

Senta-se uma mulher à janela da amizade num percurso de vida que se vai fazendo e olha para fora. Há sonhos em volta que ganham asas outros que já as têm há muito...

Despenham-se os olhos na memória para mais à frente se elevarem na imaginação.

Os percursos da vida são mágicos desconhecidos, mas, se desejados, são acontecidos.

Nada pode ficar pelo caminho enquanto se fizer caminhando.

 

Por ora vou caminhando e levo comigo pela mão os sonhos e, os que têm asas e sabem que elas servem para voar............................

 

ACCB

escrito no papiro por ACCB às 02:26
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (6) | juntar aos escribas

O Beijo.... de Rodin?

tags:
escrito no papiro por ACCB às 01:33
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas
Sábado, 22 de Agosto de 2009

Pensamento do dia

 

"Não é a intensidade dos sentimentos elevados

que faz os homens superiores,

 mas a sua duração."

 


(Friedrich Nietzsche)

escrito no papiro por ACCB às 01:25
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (8) | juntar aos escribas

Coisas que me mandam para me fazer rir!

escrito no papiro por ACCB às 01:20
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas
Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

Beber um café.....um dia......

 

 

Tenho a mania de guardar tudo, ligar aos pequenos pormenores e, deixar-me tocar por coisas que aos outros ou a alguns dos outros pouco dizem.

Beber café é para mim um daqueles prazeres que não dispenso e que saboreio de maneira estranha e demorada, até o café ficar frio,...sem perder o aroma.

A NICOLA, lançou uma colecção de pacotes de açúcar que me encanta pela surpresa do que me irá calhar e pela magia das frases.

 

Por dia, dizemos algumas vezes " um dia"... Um dia farei isto ou aquilo...E há quem já tenha tido os seus dias e não precise que chegue " um dia"...

 

No gesto de olhar o pacote de açúcar antes de o abrir,  há a antecipação dos olhos e da procura daquilo que ainda não se fez ou gostaria de fazer...

 

Num gesto de sorriso aberto estendes-me um pacote de açúcar..............

 

" UM DIA DANÇO CONTIGO NA RUA."

 

ACCB

escrito no papiro por ACCB às 09:00
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (9) | juntar aos escribas

uma pessoa acorda e... voilá!

escrito no papiro por ACCB às 08:59
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas

Fechamos às cinco?

O TRIBUNAL FECHA ÀS CINCO???

 

Como fechamos às cinco??

 

 

A juíza-presidente do Tribunal de Recurso do Texas, Sharon Keller

 

___________

 

Srª Juíza.... durma bem!

 

 

_____________________________________

escrito no papiro por ACCB às 01:15
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (6) | juntar aos escribas

Reflexão para uma votação anunciada.

 

 

___________

 

 

 

 

"....há que ouvir a melodia secreta da paixão, há que chorar de alegria junto ao mar, há que embriagar no meio de uns braços quentes, há que encostar o ouvido à página do livro mais belo, há que amar num entardecer em Roma, há que gritar bem alto que sou feliz, há que utilizar o chicote sobre a tristeza e a aflição. Na imensidão da noite, nos degraus de um teatro, no banco de trás de um eléctrico solitário, no vazio de um quarto de hospital, no mais recôndito recanto, ao despertar com a embriaguez já atenuada, lembrar-me-ei sempre do Spleen de Paris:
“São horas de te embriagares! Para não seres como os escravos martirizados do Tempo, embriaga-te, embriaga-te sem cessar! Com vinho, com poesia, ou com virtude, a teu gosto, mas por favor embriaga-te”. Claro que votaria em Baudelaire…"


Luís Galego

escrito no papiro por ACCB às 01:10
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas

Escutas?

ESCUTAS AO PR?

 

escrito no papiro por ACCB às 00:59
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Asfixias....

 Governo de Sócrates criou clima de 'asfixia democrática'

A descida da carga fiscal sobre as empresas, como a Taxa Social Única, e dos impostos sobre o imobiliário será uma das propostas do programa do PSD ..........................................................................

.......................

Reposição do anterior sistema de rendimento dos certificados de aforro e a regularização das dívidas do Estado.......................................................................................................................................................

 

"não se espere grandes surpresas no dia 27, quando o programa eleitoral for apresentado porque não estará lá nada que eu já não tenha dito e que não seja exequível de concretizar em quatro anos de legislatura".

 

A Drª Manuela Ferreira Leite não foi clara quanto ao  programa de Governo do PSD.

Ora  Não Gostei

..........................

 

Esperava mais objectividade. Eu sei que neste estado de Estado é dificil ter programa. Está tudo desprogramado.

Mas bolas!! A oposição não tem posição?

....

Até me pareceu um daqueles interrogatórios em que o arguido não diz nada em sua defesa porque nada tem para dizer.....

Assim que voto quer este País??

-------------

 

ACCB

 

 

MAIS

 

E

 

MAIS

 

escrito no papiro por ACCB às 00:55
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (6) | juntar aos escribas
Quinta-feira, 20 de Agosto de 2009

Por aqui também

HOJE É AMANHÃ

 

**

escrito no papiro por ACCB às 08:38
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (4) | juntar aos escribas

Os meus dedos são cegos...............

Photobucket

 

 

Deitas a mão  nos meus dedos...........

é a perda que o teu coração abre na memória

como um poço sem fundo

ou uma cisterna com eco........

 

Do outro lado ao fundo

Está o meu olhar à tua espera...

Espelha o que diz o teu...

 

Oiço-te  o silêncio

Sei que pensas o que os teus lábios calam

 

Não fales...

Os meus dedos são cegos e lêem a tua voz......

 

 

ACCB

 

 

-_____________
tags:
escrito no papiro por ACCB às 00:45
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas

Fado....em Italiano..Ou a Itália e o fado?

escrito no papiro por ACCB às 00:42
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas
Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

Uma revista que vale a pena ler

RELANCE

 

 

________

_________

 

Uma revista que vale a pena ler e descobrir, quer pela qualidade do texto, quer pela variedade dos assuntos.

Arquitectura, arte, design e artigos como a entrevista a Robert Badinter antigo ministro da justiça, sobre a pena de morte e Guantánamo .

 

A NÃO PERDER!

escrito no papiro por ACCB às 09:11
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas

....adeus...

escrito no papiro por ACCB às 03:00
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Depois de um gin tónico......

tags:
escrito no papiro por ACCB às 02:49
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (3) | juntar aos escribas
Terça-feira, 18 de Agosto de 2009

Que tal um gin tónico a beira da piscina logo?

escrito no papiro por ACCB às 09:11
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (9) | juntar aos escribas

De Perfil

Sobre mim

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” online

últimos papiros

A cadeira

Empatias

ESPLANADA

Pai

Aquele traço de escrita

Pássaros

Amigo não é nada disso

Filhos.....

Obama

A propósito de Trump

Choveu

Desiderata

8 de janeiro de 2014

Um texto que dá que pensa...

Para Fazer o Retrato de u...

Poema pouco original do m...

Poema de Jenny Londoño

Tons de escrita

Super Lua

No dia 11.11.2016

10.11.2016

"May be ...... the price ...

Não peças a quem pediu

Noite....

....contemplação....

Como é um alentejano?

Que se dane a regra e o p...

Sílaba súbita

É nos olhos....

Papéis velhos...

Papel em branco.....

. A escrever qualquer coi...

Linhas...

Chuva de lua cheia

Inércia

Adeus Meu Amigo

Esta força que ninguém po...

Portugal/França

Dois homens à beira rio

Paris En Colère

Paris Je T'aime

El embrujo de la guitarra...

A Hora de ser livre

O outro lado da rua

Tarkovsky

Bocage

Saramago - 18.6

Se partires, então, escre...

Lopetegui....Lotopegui......

Como o Sol A Pôr-se

papiros em biblioteca

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Março 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

Outros Papiros

Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

subscrever feeds