Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

...


Lá fora não. Havia um vento próprio de uma Primavera prometida que, contudo, tinha ainda restos de um Inverno inesperado. E, lá dentro, desde que fumar não era permitido no interior daquele café, o sol entrava e abria as janelas de vidro, grandes e largas.
Sentou-se. Não queria café. Apenas uma água limpida, transparente, natural...
O olhar atravessava os óculos escuros,como que a esconderem o pensamento. Não via o que queria, ou não queria ver? Ver é duro quando a realidade brinca de esconde esconde como criança que vai crescendo e a gente não quer.
-
Abriu o livro,...mas não. Nem ler conseguia. Encostou o queixo na palma da mão direita e, mais uma vez o olhar percorreu o caudal do Tejo. A corrente sempre na mesma direcção, o caudal sempre o mesmo apesar das marés... Que fora que mudara? Que raio de coisa mudara?
Não conseguia encontrar a razão....
Respirou fundo e uma serenidade enorme atravessou-lhe a alma. Era como se se abandonasse ao curso do rio...Havia barcos ao sabor da corrente, e o olhar desviava-se, continuava a olhar o curso do rio. Havia gaivotas que mergulhavam tontas e sôfregas de peixe, ... e olhar continuava a percorrer o caudal do rio... Havia pardais soltos no vento,... e o olhar procurava sempre o curso do rio....
-
Abriu o livro, " A mulher Certa". Baixou o olhar à sorte sobre a página marcada..."O que quis ele dizer?...Se calhar que um homem só vive enquanto tem um papel a desempenhar. Que depois, já não vive, somente existe. Tu não podes compreender porque desempenhas um papel no Mundo...o teu papel é amares-me. Ora, está dito. Não me olhes assim de esguelha, furibundo. Se alguém ouvisse o que estamos aqui a dizer(...) ...uma pessoa má que visse a cena de fora e nos ouvisse, havia de acreditar que conversamos como dois cumplices....(...) Ri, isso...Porque só os dois é que sabemos a verdade sobre nós"...pag. 328
Fechou o livro e, recolocou o queixo na palma da mão direita. Teimosamente continuaria a olhar o curso do rio.
ACCB
escrito no papiro por ACCB às 23:30
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (30) | juntar aos escribas

...

A propósito de C
C de Chuva
C de Chopin
C de Cabral Mendes ( sorrisos)
-
Frédéric CHOPIN: Op. 32, No. 1 (Nocturne)
escrito no papiro por ACCB às 15:20
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (4) | juntar aos escribas
Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008

...

( Art DIRIS_ Reparem no quadro. Depois tapem os rostos e reparem no abraço. mudou alguma coisa?)
-


Da-me os teus braços
a agasalharem-me
e mergulharei neste poema,
no abismo,
antes que o dia amanheça.

Traremos o mundo para dentro
e o ensinaremos.

Nossa nudez o redimirá
e nenhuma palavra será dita
senão as amorosas.

Dá-me os teus lábios
a percorrerem-me meu corpo despido
e esquecerei tudo por ti.

Silvia Chueire
escrito no papiro por ACCB às 22:42
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas

...

click to comment
escrito no papiro por ACCB às 21:57
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas
Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008

...

Dangerous Minds
Um filme que vale a pena rever... e rever.... E que dedico a todos os professores que o sabem ser.

escrito no papiro por ACCB às 23:24
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

...


And the winner is!!
vencedores
escrito no papiro por ACCB às 03:44
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas

...

Ao fim de um dia a 100 à hora um concerto...
quem sabe o ultimo de Charles Aznavour em Portugal.
Ele está velho.
Eu....cresci...amadureci ou envelheci?
FORMIDABLE!!!


Shahnour Varenagh Aznavourian

Ao longo de seis décadas, Aznavour compôs mais de mil canções em francês, inglês, italiano, espanhol e alemão, e vendeu mais de 100 milhões de discos, uma carreira que levou a revista Time norte-americana a elegê-lo Maior Artista do Século XX, à frente de nomes como Elvis Presley, Frank Sinatra, Charlie Chaplin ou John Lennon.

A Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) anunciou esta sexta-feira que vai atribuir a sua Medalha de Honra ao autor, compositor e intérprete Charles Aznavour, o que, no caso de um estrangeiro, acontece pela primeira vez na história da instituição.

escrito no papiro por ACCB às 02:56
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas

...



Na quinta feira passada depois de mais um dia de sessão, antes de sair do gabinete, baixei os olhos sobre a Visão que recebo mensalmente.
Não foi a capa que me prendeu a atenção. De abusadores sexuais conheço eu todas as manhas.

Não. Foi antes a maravilhosa crónica de Lobo Antunes.
Como é possível beber-lhe sôfregamente as crónicas e não conseguir devorar-lhe todos os livros?!

E, a certa altura, depois de falar do desejo de escrever o seu último livro, que o seria por ser grandioso e, só por ser o último, deveria ser grandioso, ele perguntava-se :


- Como é que se faz um livro?

E se ele estivesse ali eu ter-lhe- ia respondido que:

-Um livro não se faz..., escreve-se a alma.

-

ACCB
escrito no papiro por ACCB às 02:45
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas

...

«Não podemos fugir... e no entanto, há momentos em que somos quase felizes, quando de olhos fechados as minhas mãos deslizam no seu rosto, num reconhecimento que tem sempre algo de milagre, quando lemos um livro juntos na cama, as faces encostadas, quando nos encontramos a nós mesmos no fundo do corpo um do outro. Somos quase felizes. Mas o fim é inevitável. Ambos o sabemos. Só não sabemos quando. Ou qual de nós o fará.

‘Tell me you still love me like I love you’. Quando o amor acabar…»

-
in «Até que a Morte nos Separe», Ana Teresa Pereira

escrito no papiro por ACCB às 02:13
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (3) | juntar aos escribas
Sábado, 23 de Fevereiro de 2008

...


Quando os homens sabem o que é o amor e contam "pra gente"


Procuro um amor novo amor com quem possa ter ressonâncias... num encontro pleno de respeito, cumplicidade e parceria. Alguém com quem seja possível dividir alegrias, delicadezas e alguns sonhos... não muitos, mas o suficiente para continuar a criar a magia do amar... e ser amado.
Busco assim por você que tenha leveza de alma e espírito, com total disponibilidade afetiva, que goste de viver a vida e que queira verdadeiramente um grande amor repleto de aventuras.

Não precisa ser um amor zero quilômetro, mas tem que ser dos bons. Daqueles de ter vontade de acordar mais cedo para levar café na cama,
de ligar no meio do dia para dizer que sentiu saudade,
de fazer bobagens,
escrever bilhetinhos,
fugir na madrugada em busca do desconhecido...
um amor que não precisa durar para sempre mas que "seja infinitamente bom enquanto dure."
Procuro um amor que seja fiel e honesto,
que saiba contar piadas e
sussurrar no meu ouvido palavras gostosas para antes e depois do amor.
Procuro um amor que saiba viver sozinho, que invada meu mundo devagarinho e me convença que vale a pena ficar.

Procuro um amor quentinho... daqueles que não grudam na pele no verão mas que aquecem que nem edredom quando chega o inverno. Amor de dormir agarrado, de dançar colado e beijar na frente de todo mundo.

Procuro por fim um novo amor, uma companheira que seja minha amiga e minha amante, que goste de pipocas em tardes de chuva, e que queira andar de mãos dadas comigo pela vida.

© Rodrigo Scherter
Do Blog do Zé carlos - linkado ao lado e oferecido ao Cleopatramoon por ele.

tags:
escrito no papiro por ACCB às 01:36
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (13) | juntar aos escribas
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008

...

VALSA DE UM HOMEM CARENTE

-
Dizia-me um amigo, com o olhar perdido por entre espirais de fumo de um cigarro que não abandona nunca e já me habituei a ver-lhe entre os dedos, entre as ideias e entre os lábios, que tinha saudades.
Umas saudades profundas de um sentimento velho e profundo que o faça viver, que o faça ser, existir.
Não lhe respondi. Que sentimento seria esse senão a paixão. Só podia ser. A paixão que o fazia estar vivo, cheio de alegria de viver, daquele sentir que acontece na vida, de repente, em que todos os sons são perceptíveis, principalmente os mais ténues, em que todos os aromas nos invadem, especialmente os mais delicados
E enquanto ele retirava fumaças em espiral do cigarro eu, que nem me atrevia a dizer-lhe que o fumo me queimava as pestanas, e me torrava a paciência, imaginava aqueles olhos castanhos apaixonados e, agora profundos, perdidos não sei em que espaço de tempo infinito de passado que quer ser presente ou sonha ser futuro.
Que lhe havia de dizer? Que lhe havia de inventar para lhe arrancar aquela ideia obsessiva de ter saudades de um sentimento que não se força, não se pede. Simplesmente acontece.
-Sabes? - recomeçou ele - Sabes o que é acordares de manhã com aquela alegria de viver, aquela certeza de existir, aquela vontade de agarrar o Mundo e realizar mil coisas?

(Estar apaixonado... - pensei :- Ele tem saudades de ser amado. )
- Sabes o que sinto? Uma enorme vontade de voltar a ser feliz!!! Uma enorme vontade de ser inteiro; uma enorme vontade de ser eu novamente.
Tenho muitas muitas saudades de Amar.
Sorri. Que mais poderia dizer? Provavelmente ele tinha razão. Queria amar....mais que ser amado, queria amar, sentir capacidade de amar...voltar a amar.....
É essa forma de sentir que nos faz mesmo felizes e nos leva a criar obras, a ser pintores, músicos, artistas, a mover montanhas...
Tive vontade de lhe perguntar o que o impedia de amar. Mas não tive coragem.
Isso não se faz acontecer. Acontece.
-
ACCB
tags:
escrito no papiro por ACCB às 23:05
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (11) | juntar aos escribas
Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008

...



PORQUE NON TE CALLAS?!




AI BALHA-ME DEUS! O Dr. Marinho Pinto não tem mais que fazer?


Será por causa dos seus incidentes durante a adolescência, da história do furto de uma camisa, de não sei que mais e que mais que dizem que se diz... que o senhor não vê os Magistrados, ou o Terceiro Poder com bons olhos?


Ou será porque isso o torna popular?!




Então agora quer que os Magistrados declarem os rendimentos e exige transparência?


OH Dr. Marinho, consulte o meu boletim de vencimento. Quer mais transparência?


Quer mais transparência que a retenção na fonte que me fazem todos os meses? Ou quer saber o que me foi deixado em testamento, herança , doação...Olhe mas que coisa!


Quer que eu faça um registo de interesses e património?


Ai quer?


Olhe, tenho interesse em cinema, teatro, livros bem escritos e gente inteligente. Tenho interesse em que não me "chateiem" e me deixem ter os processos em dia ou seja: Deixem-me trabalhar!
E, em si, não tenho interesse nenhum.
E começo a não ter paciência para os seus despropósitos.


Se quiser, até pode pedir uma cópia dos meus rendimentos Sr. Bastonário! Até lha ofereço.


Ora esta!
Não tem mais nada que fazer?
Ora! Porque non te callas??


-
ACCB
ACRESCENTO AQUI PORQUE VALE ( MUITO) A PENA LER :


(...)" mas já agora obrigá-los a aceitar algumas das outras «agruras» que os demais titulares de órgãos de soberania vêm guardando apenas para si, como por exemplo: passaporte diplomático, despesas de representação, subsídio para viagens, carro e motorista de serviço e subsídio de reintegração.

O que achará o senhor bastonário disto?
"






</strong>
tags:
escrito no papiro por ACCB às 08:27
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (39) | juntar aos escribas
Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008

...

(foto - ACCB)
A LUA DE LOBOS desafiou-me ( anda sempre a desafiar-me esta mulher incrível!!) para dar seis características minhas...

aí vão elas:

1 - Sou obstinadamente Obstinada.
2 - Sou apaixonadamente apaixonada.
3 - Transparente até doer.
4 - Adoro rir e caricaturar a situação mais séria , ajuda-me a encarar as dificuldades.
5 - Abomino gente limitada, perversa, mentirosa e com falta de coragem.
6 - Quando me zango , ...não queiram saber..............
-
e agora aí vão as nomeações:

NI
Francisco Castelo Branco
Catarina Alves
António Lisboa Gonçalves
Manza
Cabral Mendes
escrito no papiro por ACCB às 23:50
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (15) | juntar aos escribas

...

Calma! É preciso é ter calma!
Um filme com ANGELA BURNS para ver até ao FIM!!
escrito no papiro por ACCB às 15:23
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (3) | juntar aos escribas

...

CHUVA - Lucia Moniz
escrito no papiro por ACCB às 10:00
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas
Domingo, 17 de Fevereiro de 2008

...

Ao Estilo de Marcelo??

Alípio Ribeiro disse o que não devia? - Não.
O Director da PJ disse o que não podia? -Não.
O que o Director da PJ disse é mentira? - Não
Houve precipitação ? - Houve.
Esta afirmação matou a investigação? - Não.
Ofendeu a PJ? - Não
Foi Alípio Ribeiro quem fez questão da constituição de arguido ? -Não
Aquela constituição de arguido foi a pedido do advogado dos Mac Can? - FOI!
Então? - Pois.

___________

A Inveja da rapidez dos outros


Por vezes, enquanto trabalho pela noite dentro, penso muitas vezes porque não despacho mais. E tenho uma inveja enorme daquele senhor que deu 300 despachos numa madrugada.

Lembram-se? Telmo Correia deputado do CDS PP assinou 300 despachos na madrugada da posse de José Sócrates como Primeiro Ministro. E depois penso: Assim é mais fácil que jogar no Casino. ( E eu nem sequer posso jogar no Casino!)

____________

Vítor Pimenta escreve no Avenida Central:
” (…) neste país feito à imagem da linha de Cascais e do Colégio da Barra, toda a sua diversidade e potencialidade parecem definhar. (…) Enquanto não houver televisões locais em sinal aberto, a emitir para o romantismo de um televisor na sala, com o sofá preenchido de família e amigos, todo um imenso Portugal - que não Lisboa e arredores - estará em fraca sintonia com os seus cidadãos e as suas dinâmicas, e estes com as suas vidas e interesses limitados num ecrã nacional em constante formigueiro.”

E eu penso:
Mas a TV serve afinal para quê?

________

A Industria da Clonagem

Coreia do Sul: Primeiro cão clonado por encomenda é um pitbull. O processo é caro, mas, dizem os entendidos, assim que a clonagem se tornar uma industria os custos vão diminuir. Pois.
Eu um dia destes digo-vos qual é a solução para uma série de coisas!

________
Kosovo - Independência à pressa
Sinceramente ainda não percebi nada destas coisas do Kosovo. Eu sei de quem me poderia explicar. Mas o que mais me assusta para além do não perceber é a reunião à pressa do Parlamento, para uma Declaração à pressa de uma Independência.


E também não percebo porque é que só nos próximos meses é que a UE enviará cerca de 2.000 especialistas, entre policiais, juízes e outros funcionários, que ajudarão o governo kosovar a construir um Estado de Direito. ( Eu poderia ter ido nesta missão...mas a minha independência também está em causa cá!...)
Não deveria já ter sido feito antes?
E também não percebo como é que enquanto na capital kosovar o acontecimento é esperado com festa, cresce na Sérvia a indignação e o mal-estar diante da perda de sua Província, considerada o "berço" de sua nação.
..................
Alguém me sossega por favor?
_____________________


MAS TEM JUSTIFICAÇÃO?!


Parece que Bush justificou a tortura utilizada em interrogatórios a SUPOSTOS terroristas que até foi admitida pela CIA.

No CEJ, quando fiz o curso de magistratura, falámos de técnicas de interrogatório, mas acho que aprendi muito pouco. Para além de não dever interromper nem pressionar quem interrogo, de não dever induzir respostas, nunca me falaram de uma técnica utilizada numa nação que se diz evoluída, a mais evoluída : -"waterboarding"
Acho que à nossa PJ também não!
Sabem o que é? É utilizada em supostos terrorista durante os seus interrogatórios e é apenas um afogamento simulado.
Consiste no que se vê na figura supra, causando a sensação de sufoco.
No entanto, o presidente americano disse na entrevista exibida na madrugada de hoje na "BBC World News America", que o "waterboarding" "não é tortura", e que ameaçou vetar o projeto do Congresso que o proibiria.
Senhor Presidente não quer jogar ao faz de conta que?...

___________

ORAÇÃO DO DIA


Santa Maria Mãe de Deus fazei que eu
nunca seja supostamente terrorista!

ACCB
escrito no papiro por ACCB às 17:45
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (7) | juntar aos escribas

...

"Caí na força das palavras...
E longe ....muito longe...
Com dois negativos...
Num Hotel sereno...
escrevi....
"

José
escrito no papiro por ACCB às 10:16
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (6) | juntar aos escribas
Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

...

HEART TANGO



Este Clip, descobri-o no Blog do OUTONO.
Ao mesmo tempo que é de uma sensualidade estonteante, é também de uma verdade arrepiante.
A mesma mulher. Nem uma nem duas, várias ao mesmo tempo. A mulher executiva, a mulher mãe, a mulher paixão...a mulher que pensa, a mulher que opta, a mulher que se apercebe e a mulher que se assusta...

Numa mulher há vários corações ou várias formas de estar de ser... Ela não é só uma... O escolher ao pormenor a lingerie para o homem que ama, a doçura que tem com o filho ao colo quando o beija, a mulher profissionalmente decidida e emocionalmente forte ...a hesitação, a vontade, o perguntar-se a si própria:
- Porque o fizeste?
E o responder-se a si própria:
- Tu sabes porquê.

(Porque são a mesma! Reparem no pormenor do impermeável que tem duas cores, o vermelho paixão, vontade de ser no todo! E o bege de neutralidade, de responsabilidade, de esconder a outra que existe nela, e no pormenor da passadeira que se estende em tom contrastante com o do impermeável à entrada de um hotel, palacete, casa, escola de dança...).

-
Hearth Tango é filmado em Lisboa. Há uma imagem da R da Prata, quando se desce...
Há as aulas de dança,.. O Tango .. O Italiano... Lisboa...Uma mulher........ A música dos Gotan Project....
É um clip aproveitado pela Intimissima para publicitar a sua lingerie.
É um clip em que nós mulheres deviamos atentar...
Será que somos assim? Várias em uma só?

E vocês homens......Têm a sorte de descobrir na mulher que amam todas estas facetas?!

O filme termina com um agradecimento a todas as mulheres que conseguem ser o Ser mais próximo do seu coração. E um coração verdadeiro é mesmo como um tango,...ora arrebatado, ora, sereno, ora quase imóvel para depois entrar em rodopio, mas sempre, sempre compassado.

ACCB

escrito no papiro por ACCB às 17:29
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (9) | juntar aos escribas

Video republicado

QUANDO O HERMAN TINHA GRAÇA!
Não pirimpanparás a mulher do proximo
escrito no papiro por ACCB às 00:53
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (9) | juntar aos escribas
Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008

...

Hoje parece que é dia de escrever cartinhas. Assim:

Lovely cute Comments
escrito no papiro por ACCB às 10:39
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (18) | juntar aos escribas
Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2008

...

Quando o Coração tem 20 anos o Amor é do Tamanho do Mundo
-
LINDO!!!!!! YES!


escrito no papiro por ACCB às 13:00
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (7) | juntar aos escribas

...

A Nani- Catarina Alves atribuiu-me uma nomeação curiosa.
.

A de "este Blog não me sai da cabeça". E depois pergunta mais ao menos isto:

- Sabem aquele blog que a gente tem de espreitar, ver, mesmo que não tenha novidades?!

É engraçado saber que há pessoas que sentem a falta deste Blog. Já pensei terminá-lo muitas vezes, mas por aqueles que gostam e apesar dos que o acham pretensioso e uma "porcaria"...( já houve quem o dissesse! A liberdade de expressão é um direito constitucionalmente reconhecido! sorrisos...), Vale a pena continuar.

Fica aqui a nomeação e cabe-me a mim nomear ou indicar, os Blogs que não tiro da cabeça.
Assim sendo, cumpre decidir:

Sabem aqueles blogs que eu nunca deixo de espreitar todos os dias?

Aqui vai:

Anónimo

Momentus

Murmúrio das ondas

Camara Corporativa

Musica Charlada

Lua de Lobos

Pecador de confesso

Cleopatramoon eheheheh
e tantos outros...........................................
tags:
escrito no papiro por ACCB às 12:00
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas

...

VOCÊ BEBEU? TESTE A IMAGEM

-



MANUAL para quem sai à noite e BEBE...
Por favor use-o.
Causas, efeitos secundários e soluções possíveis derivados do consumo de
álcool:

1- Sintoma: Pés húmidos e frios.
Causa: Estás a agarrar o copo com um ângulo incorrecto.
Solução: Vai virando o copo até a parte aberta ficar virada para cima.

2- Sintoma: Pés quentes e molhados.
Causa: Pronto. Asneira... com essa idade?
Solução: Procura a casa de banho mais próxima e seca-te.

3- Sintoma: A parede à tua frente está cheia de luzes.
Causa: Caíste de costas.
Solução: Posiciona o teu corpo 90º em relação ao chão.

4- Sintoma: Tens a boca cheia de beatas de cigarros.
Causa: Caíste com a fronha dentro do cinzeiro.
Solução: Cospe e enxagua com um bom gin tónico.

5- Sintoma: O chão está desfocado.
Causa: Estás a olhar através de um copo vazio.
Solução: Enche o copo!!!

6- Sintoma: O chão está a mexer-se.
Causa: Estás a ser arrastado.
Solução: Pergunta ao menos para onde é que te estão a levar, caso seja para outro bar está tudo bem, no caso contrário, manifesta-te!

7- Sintoma: Reflexo de caras a olhar para ti através da água.
Causa: Estás no lavatório a tentar ir ao grego.
Solução: Mete o dedo (Na garganta).

8- Sintoma: Ouves as pessoas a falar com um estranho eco.
Causa: Tens o copo na orelha.
Solução: Pára de te armar em parvo.

9- Sintoma: A discoteca mexe-se muito, toda a gente está vestida de branco e a música já começa a ser repetitiva.
Causa: Estás numa ambulância.
Solução: Não te mexas; possível coma alcoólico.

10- Sintoma: O teu pai parece chateado e as tuas irmãs olham para ti como se não soubessem quem tu és.
Causa: Ups! Casa Errada!!!
Solução: Pergunta se sabem onde fica a tua


O Melhor é mesmo não beber!
tags:
escrito no papiro por ACCB às 10:37
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (1) | juntar aos escribas

...

Shania Twain - Man! I Feel Like a Woman

escrito no papiro por ACCB às 00:12
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas
Sábado, 9 de Fevereiro de 2008

...

O fado O tango a saudade a traição o ciume o amor Portugal cinema arte paixão

Prémio Goya
"Fado da Saudade" de Carlos do Carmo
-
arrebata galardão para Melhor Canção Original

A canção vencedora, "Fado da Saudade", integrante da banda sonora do filme “Fados” de Carlos Saura, tem poema de Fernando Pinto Amaral que afirmou que "se este for mais um contributo para o fado, fico feliz".

Os prémios Goya são o equivalente aos Óscares para o cinema espanhol. A cerimónia da XXII edição dos Goya, entregue pela Academia de Cinema de Espanha, realizou-se no Palácio de Congressos de Madrid.
escrito no papiro por ACCB às 22:45
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (7) | juntar aos escribas

...


"A kiss is more than a touch of lips
- it is a touch of two hearts,
of two souls,
of two glowing portions of the life spirit."
.

Fernando Pessoa
escrito no papiro por ACCB às 19:14
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (11) | juntar aos escribas

...


Delicioso
_______________________
Fado Alexandrino

Amanhã chegaste à minha vida
e disseste bom dia e era noite lá fora
puseste-me na mesa o prato da comida
acenaste-me adeus e não te foste embora.

E como era manhã vestiste o meu pijama
tomaste um comprimido para dormir acordada
como era hora do almoço chamaste-me para a cama
como era hora da ceia bebeste-me ensonada.

E quando temos frio aquecemos à lua
as mãos que penduramos na corda de secar
e quando mais te calas mais te sinto cantar.

ANTÓNIO LOBO ANTUNES
escrito no papiro por ACCB às 18:00
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (3) | juntar aos escribas

...


Sábado

Tarde soalheira. Nem me maquilhei para poder bronzear o sorriso e o olhar. Gosto do Sol na minha pele, lembra-me mãos quentes e ternas, embalos de mãe quando somos crianças e carícias do homem que amamos.
Depois, carrega-me as baterias e liberta-me hormonas que me tornam feliz. Que querem? Sou mulher.
Na esplanada devoro a revista de quinta feira, depois de ter ingerido o almoço à minha maneira , o de sábado em esplanada - uma bifana e um......fino, alto, cheio de vida e quase gelado.
O mar espraia-se cada vez mais até à amurada. Não tarda estou com os pés dentro de água....- penso - não que o mar não tem coragem...- volto a pensar.

As notícias vão desfilando sob os olhos e a variedade de informação é vasta. Com uns concordo, com outros interesso-me, de outros rio-me e com outros discordo simplesmente.
Há já banhistas! Banhistas corajosos e persistentes, e há aquele som inconfundível de vozes na praia.

-Traga-me um café por favor.
É agora a melhor parte do final de tarde. Aquela em que saboreio o meu café.

-

ACCB

tags:
escrito no papiro por ACCB às 17:34
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (6) | juntar aos escribas
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2008

...

As conclusões do recente Congresso Ibérico do Poder Judicial vão ser entregues
ao Presidente da República.
-

Pretende-se alertar o Sr. Presidente para a forma como não modificando grandes diplomas se minam os mesmos , corroendo pequenos diplomas.

Para quem não leu ainda em baixo, as conclusões do Congresso e, para quem quer saber o que é afinal a Magna carta que saiu do mesmo, ficam aqui os dados.

***-------***

Magna Carta do Poder Judicial - Em Português

Carta Magna del Poder Judicial - En Español
Documento aprovado para debate, estudo e futuro desenvolvimento
*
E aqui ficam novamente as:
CONCLUSÕES

Aprovadas por todas as Associações de Juízes de Portugal e Espanha

Conclusões - Em Português

Conclusiones - En Español

*

Não há Mistério

_
tags:
escrito no papiro por ACCB às 23:57
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas

À conversa com...

*
Tertúlia:- À conversa com - António Martins, Presidente da ASJP:
.
TEMA:

 
"Os Magistrados face à Nova Lei de Responsabilidade
 
Civil Extracontratual do Estado".

Dia 11FEV08, 18h

Auditório da Coimbra Editora

-
Ver cartaz - pdf 295.56 Kb


 
Este tema foi abordado no I Congresso Ibérico que teve lugar no dia 25 de Janeiro no salão nobre do Supremo Tribunal de Justiça, no discurso do Juiz Desembargador Rui Rangel -
 
"Os Magistrados face à Nova Lei de Responsabilidade Civil Extracontratual do Estado".
-
 
O tema é um tema actual de bastante interesse especialmente para os Juizes e, se quiserem para o cidadão em geral. O Juiz é sereno mas, mal andaremos se, quem não gostar das nossas decisões começar a pedir-nos responsabilidades e indemnizações.
 
 
Como disse o Conselheiro Orlando Afonso no seu discurso também no Congresso:
 
- "O Juiz não é Mandarim, mas também não é Mandarete!"

 
_*_
escrito no papiro por ACCB às 20:42
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (3) | juntar aos escribas
Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2008

Samba da benção

escrito no papiro por ACCB às 19:42
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas

Generais e muito mais


 

Quando os Generais pensam como os Capitães

Garcia Leandro ou a repulsa generalizada


O general que dirige o Observatório de Segurança alerta para a chegada de uma explosão social e para a ocorrência de movimentos de cidadãos insatisfeitos


 


"Tenho 47 anos de serviço ao Estado, nas mais diferentes funções de grande responsabilidade, sei como se pode governar com sentido de serviço público, sem qualquer vantagem pessoal, e sei qual é a minha pensão de aposentação publicada em D.R.

Se sinto a revolta crescente daqueles que comigo contactam, eu próprio começo a sentir que a minha capacidade de resistência psicológica a tanta desvergonha, mantendo sempre uma posição institucional e de confiança no sistema que a III República instaurou, vai enfraquecendo todos os dias.

Já fui convidado para encabeçar um movimento de indignação contra este estado de coisas e tenho resistido.

Mas a explosão social está a chegar. Vão ocorrer movimentos de cidadãos que já não podem aguentar mais o que se passa.
 
General Garcia Leandro em entrevista ao Expresso
"
escrito no papiro por ACCB às 09:44
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas
Quarta-feira, 6 de Fevereiro de 2008

Ups!! Estou gira?!

Hoje fui às compras. Não que seja algum acontecimento do ano, da semana ou do mês. Fui com aquela fúria de comprar para me distrair. Para acertar as ideias, para me ver bonita e para me ver renascer.
 

Nas mulheres as compras têm destes efeitos terapêuticos.

Coisas de mulher!!!

Escolhi uma blusa de seda natural, um sapato aberto que se usava no tempo da minha mãe e se voltou a usar, uma saia justa preta e com dois bolsos em frente com fechos.


A blusa, de decote em V, cheia de primavera e de um azul daqueles que tanto fica bem no preto, para trabalhar, como na ganga para descansar e desnortear e apanhar ar,... caía-me que "nem ginjas!"
 

Do outro lado, em frente, a minha filha experimentava uma calça de ganga coçada e cinza e uma camisola vermelha de manga 3/4 e botõezinhos na frente.

Abri a cortina e perguntei-lhe o que achava.

Tinha vestidas as calças de ganga com as botas castanhas altas por fora e a blusa de seda natural, vaporosa ( que tanto fica bem com a ganga como com o preto para trabalhar). Esperei o ajuizar da figurinha que eu estava a fazer....

- Estás gira! pareces mais nova!
 

Não disse mais nada.Estava arrematado!!

ACCB
escrito no papiro por ACCB às 23:53
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (7) | juntar aos escribas

Alegria no trabalho

Hoje , estavamos tão cansados de trabalho que decidimos dar música aos papéis.

 

escrito no papiro por ACCB às 23:01
link do post | Escreva no Papiro | juntar aos escribas

Um Verdadeiro Homem

O Engatatão
 

'' Um Verdadeiro Homem Não É Aquele Que Conquista Várias Mulheres,


 

Mas Sim Aquele Que Conquista Uma Só Mulher Para Toda A Vida ''


 

Há dias uma amiga dizia-me mais ao menos isto: "-Sabes o que é um homem engatatão? Olha, é quase que como uma prostituta tal é a variedade e facilidade com que se inicia em jogos de acasalamento, de engate, de flirt, de cama.

No entanto , tem duas diferenças para com as verdadeiras putas, não leva dinheiro e na verdade até gasta dinheiro. ( Ups! Ela tem um sentido de humor mordaz!)

Dizia ainda ela que o homem engatatão se divide em duas subclasses facilmente identificáveis a olho nú:

A subclasse Fina, é aquela em que cada mulher que o acompanha é um assombro de tirar a respiração ao resto dos machos e chama a atenção das outras fémeas...para ele claro! Ele pode até nem ter pedalada para ela mas, convém-lhe mostrá-la ou mostrá-las! ( Cruzes - pensei - olha que é mesmo!)

A outra subclasse, é a daquele homem, que sem deixar de ser homem engatatão sustenta como filosofia “A cavalo dado não se olha o dente." ( Bah! Feios porcos e maus! -pensei .)

Ainda me falou do homem cagão e do homem micro-ondas....e do homem trituradora e do homem pinguinhas.......Mas "às tantas" eu já nem a ouvia...

Fiquei a pensar que...coitados de alguns homens. Tudo isso serão fragilidades? Como eu gosto daqueles homens com quem consigo conversar apenas...de homem para homem ou de... mulher para mulher.

E vamos lá acrescentar aqui a pedido de várias familias : - De homem para mulher e de mulher para homem com muita certeza, muita segurança, sem instabilidades , sabendo-se o que se quer, com lealdade, com verdade, com previsibilidade de comportamentos, com estabilidade.......Quantos homens conhecem assim?

Eu conheço alguns.

ACCB

“No bairro do amor cada um tem de tratar das suas nódoas negras sentimentais.” - POIS!

Jorge Palma, Bairro do Amor

P.S. :_ Tirei o homem das rosas. Não gostava dele.

tags:
escrito no papiro por ACCB às 18:57
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (9) | juntar aos escribas

Os tribunais não são indústrias de produção

- "Os tribunais não são indústrias de produção de decisões judiciais, mas nem por isso devem estar isentos de uma apreciação quantitativa do trabalho que desenvolvem. A celeridade não é um valor absoluto, mas a lentidão não pode ser uma prática instalada." Cavaco Silva-


"Não é possível ter a pretensão de reformar a Justiça sem ouvir aqueles que conhecem como ninguém o quotidiano da vida judiciária e todos os dias lidam com milhares de processos nos tribunais." idem
escrito no papiro por ACCB às 13:00
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (7) | juntar aos escribas

Tragédia Ecológica

Tragédia Ecológica



Chove muito e por momentos choro.
As águas a confundirem-se. O amor a confundir-se nelas.
A beleza banhada na manhã.
E pensar que já não há amor que chegue para todos.
Que o amor pode esgotar-se e todos teremos sede.
E que as pessoas já não cuidam dos seus amores,
olham-nos com um descanso que o amor não admite.

E os trocam como se fossem coisa.
 
E que assim o amor pode desaparecer da face da Terra.
De fome, de sede,amor e pessoas.
Banidos.

Uma tragédia ecológica.
 
-
Silvia Chueire
escrito no papiro por ACCB às 00:29
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (2) | juntar aos escribas
Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008

Carta de José Socrates


 

 
 
 
Carta de José Sócrates ao PÚBLICO~
 
ou deveria ser ao Público?
escrito no papiro por ACCB às 04:04
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (8) | juntar aos escribas

...Pero que las hay, l’ASAE…


 

...Pero que las hay, l’ASAE…
.


 

O DR. Luis Grave Rodrigues, puxou do tom de voz que tem e vai de escrever.


 

Até parece que o estou a ouvir a alegar no final dos julgamentos.


 

Ena! Será sobre bruxas? Pero que las hay,..L'ASAE!!!
escrito no papiro por ACCB às 02:14
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (3) | juntar aos escribas

ENTREVISTA: CAFÉ CON... MARÍA JOSÉ MORGADO

"Pronto harán falta cuotas masculinas"

"En la magistratura es todo un personaje, respetadísima por su independencia, su dedicación y su rigor profesional. Pero además es pura historia de Portugal. De joven, María José Morgado fue presa y amnistiada dos veces, una antes y otra después del 25 de abril: era una furibunda militante maoísta. Hoy es una institución del Estado de derecho: fiscal especial adjunta para delitos económicos. Tiene más de 300 personas a su cargo en el Departamento General de Investigación y Acción Penal de Lisboa, y encabeza la acusación popular en el macroproceso Pito Dorado, que analiza las promiscuas conexiones entre directivos de fútbol, ayuntamientos y árbitros (de ahí lo del pito)."


Maria José Morgado foi ali ao lado, a Espanha, e vai de dar uma entrevista.

Na mesma e em Espanhol, que os Portugueses entendem muito bem, a senhora Procuradora Adjunta, diz que há falta de homens no Ministério Público.
Homens! Onde andais?!
E disse mais.
Disse ainda:

"Una justicia exclusivamente femenina puede dar problemas. Tenemos una visión propia del mundo. En los delitos de tráfico con alcohol, por ejemplo, las condenas de las juezas son mucho más severas que las que dictan los hombres. Me parece bien. ¿Pero es justo?".

Eu não acho nada disso.(!!!)
Então agora vamos colocar restrições à entrada de mulheres para a magistratura?! Isto é uma espécie de machismo ao contrário!

OH senhora Procuradora , ultimamente andamos a discordar muito.
Mas que se passa?
Então as mulheres não são tão capazes de decidir e investigar como os homens?
Então os "tipos" agora porque estão em minoria são mentecaptos?
Então a Justiça perde com um número maioritário de mulheres a exercer?!!
Então, mas eu pensava que a Constituição nos reconhecia os mesmos direitos a todos.
E se não há mais homens no MP é porque não vão para lá. Ou porque não querem ou porque não sabem ou porque não podem.

Ou foram os ares de Espanha que lhe fizeram mal?

Hummmm..... Bem dizia a minha avó: - De Espanha, nem bom vento nem bom casamento!

---------------
Então tragam-me :

1 Agua mineral: 1,45
- Tres cafés: 2,55
1 Cruasán de chocolate: 1,35
e 1 pastelinho de bacalhau.

-
ACCB
tags:
escrito no papiro por ACCB às 01:46
link do post | Escreva no Papiro | ver papiros (5) | juntar aos escribas

De Perfil

Sobre mim

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” online

últimos papiros

Miró

Caminhos

Paris , o pintor de rua e...

O temporal esta noite.......

Para ti

Engolir o Universo

Para o raio que os partis...

Eu sou a tempestade

fotos antigas a 3 de Junh...

Depus a Máscara

Fundamento

Berlim

A cadeira

Empatias

ESPLANADA

Pai

Aquele traço de escrita

Pássaros

Amigo não é nada disso

Filhos.....

Obama

A propósito de Trump

Choveu

Desiderata

8 de janeiro de 2014

Um texto que dá que pensa...

Para Fazer o Retrato de u...

Poema pouco original do m...

Poema de Jenny Londoño

Tons de escrita

Super Lua

No dia 11.11.2016

10.11.2016

"May be ...... the price ...

Não peças a quem pediu

Noite....

....contemplação....

Como é um alentejano?

Que se dane a regra e o p...

Sílaba súbita

É nos olhos....

Papéis velhos...

Papel em branco.....

. A escrever qualquer coi...

Linhas...

Chuva de lua cheia

Inércia

Adeus Meu Amigo

Esta força que ninguém po...

Portugal/França

papiros em biblioteca

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Março 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outros Papiros

licensecreativecommons

Licença Creative Commons
A obra Cleopatramoon de Cleopatramoon Blogue foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em cleopatramoon.blogs.sapo.pt.

Outros Papiros

Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

subscrever feeds